Busca avançada
Ano de início
Entree

Poder, democracia e legitimação

Processo: 00/05832-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 18 de setembro de 2000
Vigência (Término): 17 de março de 2001
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Teoria Política
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Mazzeo
Beneficiário:Antonio Carlos Mazzeo
Anfitrião: Giacomo Marramao
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Roma La Sapienza, Itália  
Assunto(s):Legitimação   Secularização   Poder político

Resumo

Nosso objetivo é contextualizar historicamente a noção de legitimação e de poder, notadamente a que se desenvolve nos períodos de crise estrutural - tidos como de passagem - nucleando a discussão no contexto filosófico-político moderno e contemporâneo, a partir das formulações teóricas que nascem no processo de objetivação da revolução burguesa. A tese central do trabalho consiste em discutir os conceitos de secularização e legitimação, que apesar de aparecerem como "elementos de racionalização da política", trazem em seu bojo formas hipostáticas e ecatológicas de concepção de poder, de progresso e de história. (AU)