Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito do extrato de três cimentos endodonticos sobre a expressão dos genes BMP-2, ALP, RUNX2 e BGLAP, SPP1 e DMP1, em células da papila dental humana

Processo: 10/06206-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Ribeiro Camargo
Beneficiário:Sylvia Bicalho Rabêlo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil

Resumo

O sucesso dos tratamentos endodônticos está relacionado não só ao diagnóstico das alterações pulpares, qualidade de preparo biomecânico e obturação dos canais radiculares, mas também às propriedades biológicas dos cimentos obturadores. O presente estudo tem como objetivo analisar o efeito dos extratos de três cimentos endodônticos sobre a expressão dos genes Bmp-2, ALP, Runx2 e Bglap em células da papila dental humana. Serão utilizadas neste estudo células primárias de 5ª passagem, provenientes de tecidos pulpares de terceiros molares com rizogenese incompleta. Corpos de prova contendo cimentos serão preparados sobre discos de Teflon de 5mm de diâmetro e 2mm de altura de acordo com as instruções do fabricante, sob condições assépticas. Após 6 horas, espécimes de cada tipo de cimento serão colocados sobre membranas Millipore, com poro de 0.4 µm e 30 mm de diâmetro, em placa de 6 poços. As amostras testadas serão cobertas com 3 ml de meio de cultura celular (MEM-±) suplementado com soro fetal bovino a 10%, com 150 U/ml de penicilina, 150 µg/ml de estreptomicina e 0,125 µg/ml de anfotericina e incubadas por 24 horas a 37°C. Extratos originais (1:1) de cada material sofrerão diluição seriada em meio de cultura celular e serão analisados quanto a citotoxicidade tecidual pelo método MTT. Após a obtenção de um extrato em uma diluição que não seja extremamente tóxica e não interfira demasiadamente na replicação celular (subdose), será verificada a expressão dos genes Bmp-2, ALP, Bglap e Runx2, envolvidos em processos de mineralização óssea ou diferenciação de osteoblastos, pela RT-PCR Tempo Real, nos tempos de exposição de 6, 12 e 24h sendo que o gene GAPDH será utilizado como referência. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RABÊLO, Sylvia Bicalho. Citotoxicidade, genotoxicidade e expressão gênica em células da polpa dental humana sensibilizadas por cimentos endodônticos. 2012. 110 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de São José dos Campos). São José dos Campos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.