Busca avançada
Ano de início
Entree

A determinação quantitativa de fontes de material particulado na atmosfera da cidade de São Paulo

Processo: 97/00844-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 1997
Vigência (Término): 31 de julho de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Geral
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Artaxo Netto
Beneficiário:Andréa Dardes de Almeida Castanho
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Atmosfera   Aerossóis   Gases do efeito estufa   Emissão de gases   Poluição do ar   Material particulado   Meio ambiente   Mudança climática   Qualidade de vida

Resumo

A região metropolitana de São Paulo sofre de problemas crônicos de poluição do ar causado pelo excesso de emissões industriais e do setor de transporte. A complexa estrutura da atmosfera urbana dificulta a obtenção confiável de fatores de emissão, de parâmetros de dispersão e deposição e de responsabilidade quantitativa das diferentes fontes de poluentes que afetam a qualidade de vida da população. Os efeitos na saúde da população e o aumento da taxa de mortalidade causada por poluição do ar colocam a importância do desenvolvimento de métodos e modelos mais modernos e eficientes para o estudo da poluição do ar na cidade de São Paulo. Trabalharemos na determinação quantitativa de fontes de material particulado na atmosfera de São Paulo, em especial o setor de transporte (emissões de automóveis, ônibus e caminhões). Utilizaremos técnicas inovadoras em amostragem, análise e modelamento, não disponíveis alguns anos atrás. Realizaremos amostragens de material particulado e gases utilizando: 1) Amostradores de Particulado Fino e Grosso; 2) Amostradores TEOM (Tapêred Òscilating Monitor) para a medida em alta resolução de PM10 e PM2.5; 3) Amostrador de carbono orgânico e grafítico em tempo real; 4) Amostrador DOAS (Differential Optical Absorption Spectrometer), para a medida de gases como NO, NO2, NO3, NH3, O3, SO2, Benzeno, Tolueno, Xileno, Fenol e outros; 5) Dados de CO, O3, NOx e hidrocarbonetos da rede telemétrica da CETESB; 6) Amostragem em canos de escape de automóveis e ônibus, para a obtenção de assinaturas elementares de emissão. A análise elementar para a determinação de metais pesados e elementos traços será feita com o método PIXE (Particle Induced X-ray Emission), e também com o uso de um novo espectrômetro HR-ICP-MS (High Resolution Inductivelly Coupled Plasma - Mass Spectrometry). OICP-MS permite a determinação de cerca de 50-55 elementos traços com limites de detecção de partes por trilhão. Para a análise de dados serão utilizados modelos de identificação quantitativa de fontes de aerossóis: APFA - Absolute Principal Factor Analysis, e CMB 8.0 - Chemical Mass Balance, que é um novo software da U.S. EPA (United States Environmental Protection Agency). O modelamento de trajetórias de massas de ar será feito em conjunto com o Departamento de Ciências Atmosféricas do IAG/USP (Profs. Maria A. da Silva Dias e Pedro Dias), e a interpretação do relacionamento de poluentes com parâmetros meteorológicos será feita em conjunto com a Profa. Maria de Fátima Andrade. O objetivo final é obtermos a importância quantitativa das fontes de poluição do ar em São Paulo. Em particular, enfatizaremos as emissões de material particulado do setor de transporte na problemática de poluição do ar em São Paulo, para integração com os efeitos na saúde da população. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASTANHO‚ A.D.A.; ARTAXO‚ P. Wintertime and summertime São Paulo aerosol source apportionment study. Atmospheric Environment, v. 35, n. 29, p. 4889-4902, 2001.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANDREA DARDES DE ALMEIDA CASTANHO. A Determinação Quantitativa de Fontes de Material Particulado na Atmosfera da Cidade de São Paulo. 1999. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.