Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito das oncoproteínas virais E6 e E7 do HPV-16 na resposta de células T de pacientes com carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Texto completo
Autor(es):
Gláucia Resende Soares
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araçatuba).
Data de defesa:
Membros da banca:
Fábio de Abreu Alves; Éder Ricardo Biasoli
Orientador: Glauco Issamu Miyahara; Sandra Helena Penha de Oliveira; Daniel Galera Bernabé
Resumo

O papilomavírus humano (HPV) vem sendo associado ao carcinoma espinocelular (CEC) de orofaringe, como um possível fator etiológico. As oncoproteínas virais E6 e E7 são capazes de inibir a produção de citocinas do padrão Th1 e iniciar a produção de citocinas do padrão Th2, prejudicando a resposta celular frente à infecção. O propósito deste trabalho é avaliar o efeito das oncoproteínas virais E6 e E7 do HPV-16 sobre a resposta de células T (CD4 e CD8) de pacientes com e sem CEC de cabeça e pescoço. Foram recrutados para o estudo 20 indivíduos, sendo 10 pacientes com diagnóstico de CEC de cabeça e pescoço e 10 indivíduos sem câncer. Para avaliar a proliferação celular e liberação de citocinas (TNF-α, IFN-γ, IL-2, IL-4 e IL-10) das células T CD4 e CD8 frente ao estímulo com os peptídeos sintéticos dos genes E6 e E7 do HPV-16, a técnica ELISA foi utilizada. O mapeamento do DNA do HPV-16 foi realizado em amostras de plasma e saliva pela técnica de PCR em tempo real. Os resultados mostraram que o peptídeo E7 do HPV-16 inibiu a produção das citocinas pelas células T CD4 e CD8 derivadas dos indivíduos sem câncer (6/10) e pacientes com CEC de cabeça e pescoço (5/10) (p<0,05). A proteína Concanavaliana A induziu a proliferação das células T CD4 e CD8 dos indivíduos sem câncer e pacientes com CEC de cabeça e pescoço (p<0,05). As respostas celulares quanto à atividade proliferativa e a produção de citocinas dos pacientes com CEC de cabeça e pescoço foram semelhantes às respostas dos indivíduos sem câncer (AU)

Processo FAPESP: 12/05381-0 - Efeito das oncoproteínas virais E6 e E7 do HPV-16 na resposta de células T de pacientes com carcinoma espinocelular de orofaringe
Beneficiário:Gláucia Resende Soares
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado