Busca avançada
Ano de início
Entree


Atividade física, comportamento sedentário, síndrome metabólica e mortalidade : estudo longitudinal com pacientes do Sistema Único de Saúde

Texto completo
Autor(es):
Ítalo Ribeiro Lemes
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia.
Data de defesa:
Membros da banca:
Diego Giulliano Destro Christofaro; Romulo Araújo Fernandes; Gregore Iven Mielke; Rafael Zambelli de Almeida Pinto
Orientador: Henrique Luiz Monteiro
Resumo

O tema central desta tese é a associação e relação entre atividade física (AF) e comportamento sedentário com doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como a síndrome metabólica (SM), e mortalidade por todas as causas. Devido a sua elevada prevalência mundial, a SM é considerada problema de saúde pública. A prática de AF tem impacto positivo sobre as DCNT e mortalidade precoce. O conjunto de evidências acerca da associação entre AF e comportamento sedentário com desfechos em saúde é robusto. Entretanto, a maior parte desses estudos são oriundos de países de alta renda. Considerando que a maior parte da população brasileira é atendida exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), esta tese é pioneira em apresentar estudos abordando a associação desses dois comportamentos com DCNT e mortalidade por todas as causas em adultos pacientes do SUS. Para isso, seis estudos originais foram desenvolvidos: i) O primeiro estudo abordou a associação entre comportamento sedentário e diabetes mellitus tipo 2; ii) O segundo, investigou se há associação entre comportamento sedentário e presença de SM; iii) O terceiro,verificou se há associação entre AF e presença de SM, e se a presença da SM afeta a trajetória de AF ao longo do tempo; iv) O estudo quatro abordou a associação entre alterações nos níveis de AF em diferentes domínios e presença de SM após oito anos de acompanhamento; v) o estudo cinco verificou se há relação entre comportamento sedentário e mortalidade por todas as causas ... (AU)

Processo FAPESP: 15/17777-3 - Atividade física habitual, fatores de risco para síndrome metabólica e gastos institucionais por demanda de usuários do sistema público de saúde: estudo de coorte de 8 anos
Beneficiário:Ítalo Ribeiro Lemes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado