Busca avançada
Ano de início
Entree


Análise do desenvolvimento vegetativo e produtividade da palmeira pupunha (Bactris gasipaes Kunth) sob níveis de irrigação e adubação nitrogenada.

Texto completo
Autor(es):
Adriana Ramos
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Piracicaba.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Data de defesa:
Membros da banca:
Marcos Vinicius Folegatti; Marilene Leao Alves Bovi; Luís Fernando de Souza Magno Campeche; Fernando Braz Tangerino Hernandez; Vital Pedro da Silva Paz
Orientador: Marcos Vinicius Folegatti; Marilene Leao Alves Bovi
Resumo

O presente trabalho tem como objetivo avaliar o efeito da aplicação de lâminas de irrigação com níveis de adubação nitrogenada no desenvolvimento vegetativo, produtividade de palmito e na distribuição espacial do sistema radicular da pupunheira. O experimento foi conduzido dos 12 aos 34 meses após o plantio (abril/2000 a fevereiro/2002), período este que corresponde à fase de maior crescimento da cultura, no campo experimental de Irrigação e Drenagem, da Fazenda Areão da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - ESALQ/USP, localizada no município de Piracicaba - S.P. à latitude de 22° 42'30"S e longitude de 47° 30'00"W. O delineamento empregado foi em blocos casualizados, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 3 x 4. Os tratamentos referentes às lâminas de irrigação foram L1, L2, L3 e L4 equivalentes a 0, 50%, 100% e 120% da evapotranspiraçõo de referência determinada em função do Tanque Classe A. Os níveis de nitrogênio aplicados foram N1, N2 e N3 correspondentes a 0, 200 kg ha -1 ano -1 e 400 kg ha -1 ano -1 de N, aplicado sob a forma de nitrato de potássio, nitrato de cálcio e uréia. Foram realizadas fertirrigações semanais, pelo emprego de uma bomba injetora de diafragma. Já, as avaliações do desenvolvimento vegetativo foram feitas pelas medidas de algumas variáveis de crescimento e produtividade. A distribuição espacial do sistema radicular foi determinada pelos métodos: direto, com abertura de trincheiras e digitalização de imagens e indireto, em que a área potencial de absorção das raízes foi estimada em função da variação de umidade entre dias subseqüentes. Houve efeito significativo dos tratamentos (irrigação e adubação) para todos os parâmetros de crescimento e de produção de palmito, em grande parte dos períodos avaliados. Os tratamentos com déficit hídrico (L2) e sem irrigação (L1) apresentaram os menores crescimentos nos parâmetros avaliados acarretando uma redução de 18% a 27% na produção total de palmito. Apesar de não ter ocorrido diferenças estatísticas entre os tratamentos L3 e L4, os maiores crescimentos e produtividades foram obtidas em L3 (100% ETo). Para nitrogênio, N2 e N3 também não diferiram estatisticamente entre si, entretanto, maiores respostas foram obtidas em N2 (200 kg ha -1 ano -1 ). Portanto, levando-se em conta o crescimento da planta e os custos de aplicação de lâminas e fertilizantes, os resultados indicam que a irrigação com 100% ETo e adubação com 200 kg de N ha -1 ano -1 são as recomendadas para a pupunheira cultivada em condições agroclimatológicas semelhantes à região do presente estudo. As regressões para as lâminas de irrigação apresentaram efeitos lineares significativos para todas as variáveis analisadas, com exceção do número de perfilhos, vindo confirmar o alto consumo de água da cultura e a importância da irrigação quando cultivada em áreas com déficit hídrico. Para o nitrogênio, com exceção dos parâmetros relacionados à produção de palmito, todos os demais apresentaram efeitos lineares das regressões, ressaltando a importância do nitrogênio no desenvolvimento vegetativo da pupunheira. Todos os tratamentos (lâminas) aplicados resultaram em uma distribuição radicular (área e comprimento) bastante superficial, variando de 97,8%, 92%, 86,7% e 97,8% de raízes distribuídas até a profundidade de 0,40 m. (AU)

Processo FAPESP: 98/13229-4 - Análise do desenvolvimento vegetativo e produtividade da palmeira pupunha (Bactris gasipaes Kunth) sob diferentes níveis de irrigação e adubação nitrogenada
Beneficiário:Adriana Ramos
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado