Busca avançada
Ano de início
Entree


Extração, teor e propriedades de carragenana de Kappaphycus alvarezii (Doty) Doty ex P. Silva, em cultivo experimental em Ubatuba, SP.

Texto completo
Autor(es):
Leila Hayashi
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Edison Jose de Paula; Eurico Cabral de Oliveira Filho; Renata Perpetuo Reis
Orientador: Edison Jose de Paula
Resumo

RESUMO Cap.2 Os procedimentos para a quantificação de carragenanas envolvem geralmente secagens da alga, seguida de lavagens, tratamento alcalino, extrações aquosas ou em soluções levemente alcalinas, e separação da carragenana dos resíduos. Os resultados obtidos são muito influenciados pelos diferentes métodos envolvidos e equipamentos utilizados. Esse trabalho tem como objetivo padronizar a técnica de extração de Kappaphycus alvarezii (Doty) Doty, cultivado em Ubatuba, SP, visando maximizar o teor final da carragenana obtida. Os melhores teores foram obtidos em algas com tratamento alcalino (hidróxido de potássio) a frio, seguido de tratamento a quente, na concentração de 6%, à temperatura de 80ºC, durante 2 horas, que facilitaram a filtração posterior. A proporção 5g de alga tratada em solução alcalina a frio, em 400 mL de água para extração foi estabelecida e um filtro de nylon foi escolhido como o mais eficiente para a separação de carragenana. RESUMO Cap. 3 Carragenanas são hidrocolóides comercialmente importantes por suas características como agentes gelificante e estabilizante. Apesar do seu teor ser de grande interesse, os estudos publicados apresentam amplas variações. Esse trabalho tem como objetivo analisar o teor de carragenanas e possíveis variações sazonais em Kappaphycus alvarezii (Doty) Doty, cultivado em Ubatuba, SP, entre 1999 e 2000. Foram estudados os tetrasporófitos marrom, verde e vermelho e uma linhagem derivada de tetrásporos. Os resultados foram comparados com Hypnea musciformis(Wulfen) Lamouroux, proveniente de Ubatuba, e amostras comerciais de Kappaphycus spp. Os maiores teores foram obtidos para linhagem derivada de tetrásporos e amostras comerciais, que apresentaram valores muito próximos. Os tetrasporófitos marrom, verde e vermelho apresentaram teores mais baixos e semelhantes entre si. Observou-se sazonalidade entre os teores das 4 linhagens de K. alvarezii, que se correlacionaram negativamente com as taxas de crescimento. Carragenanas de H. musciformis apresentaram os menores teores quando comparadas com as outras amostras analisadas. RESUMO Cap. 4 A força do gel e a caracterização química (conteúdo de sulfato e 3,6 anidro-Dgalactose)são parâmetros de grande interesse para avaliar a qualidade da carragenana. Esse trabalho tem como objetivo analisar e comparar a força do gel e o conteúdo de 6-sulfato e de 3,6-anidro-D-galactose das carragenanas extraídas de Kappaphycus alvarezii (Doty) Doty, cultivados em Ubatuba, SP, no ano de 2000. Esses parâmetros foram avaliados para amostras de carragenanas com diferentes tratamentos anteriores à extração (sem nenhum tratamento alcalino, com tratamento alcalino a frio, com tratamento alcalino a quente e com tratamento alcalino a frio seguido de quente). As carragenanas extraídas de algas com tratamento alcalino a frio seguido de quente apresentaram géis de melhor qualidade, com maior conteúdo de 3,6 anidro-D-galactose e força do gel. Foram analisadas também carragenanas dos tetrasporófitos marrom, verde e vermelho e uma linhagem derivada de tetrásporos. Essa última apresentou os melhores resultados, quando comparada às demais. Para as análises de força do gel foram utilizadas ainda amostras de Hypnea musciformes (Wulfen) Lamouroux e amostras comerciais de carragenana semirefinada, que apresentaram valores menores quando comparadas àquelas de K. alvarezii. Observaram-se, em amostras comerciais de Kappaphycus spp. e da linhagem derivada de tetrásporos, valores de força do gel aproximados. (AU)

Processo FAPESP: 99/06751-9 - Extracao teor e propriedades de carragenana kappa de kappaphycus alvarezzi (doty) doty, em cultivo experimental em ubatuba, sao paulo.
Beneficiário:Leila Hayashi
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado