Busca avançada
Ano de início
Entree


O arquiteto e a produção da cidade: a experiência de Jacques Pilon em perspectiva (1930-1960)

Texto completo
Autor(es):
Joana Mello de Carvalho e Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Data de defesa:
Membros da banca:
Ana Lucia Duarte Lanna; Renato Luiz Sobral Anelli; Adrián Gustavo Gorelik; Jose Tavares Correia de Lira; Heloisa André Pontes
Orientador: Ana Lucia Duarte Lanna
Resumo

O objetivo desta pesquisa é reconstituir a formação do campo arquitetônico no Brasil, a história de São Paulo e de sua arquitetura, e investigar a inserção e a contribuição dos arquitetos estrangeiros para a construção da cidade entre os anos de 1930 e 1960 a partir da experiência do arquiteto francês Jacques Pilon (1905-1962). A intenção não é particularizar, valorizar ou reabilitar a sua produção isoladamente, focando a discussão na qualidade, na procedência ou não da autoria deste ou daquele projeto, nem traçar uma biografia intelectual ou desenvolver um trabalho monográfico, mas sim retomar a sua trajetória na relação com a cidade e com o campo arquitetônico. Para tanto, o presente trabalho investiga a sua formação como arquiteto em Paris, o início de sua carreira profissional no escritório dos arquitetos Robert Prentice e Anton Floderer, no Rio de Janeiro, a transferência para São Paulo, a sociedade com o engenheiro brasileiro Francisco Matarazzo Neto (1910-1980), firmada em 1934 com a criação da Pilon & Matarazzo Ltda (Pilmat) e, por fim, o seu escritório individual, cujas atividades se desenvolveram entre meados de 1940 e 1962. (AU)

Processo FAPESP: 06/51311-2 - As viagens dos arquitetos estrangeiros, a crítica e a produção arquitetônica em São Paulo, 1940-1960
Beneficiário:Joana Mello de Carvalho e Silva
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado