Busca avançada
Ano de início
Entree


Infecção experimental em caprinos infectados com Trypanosoma evansi Steel, 1885 (Sarcomastigophora: Trypanosomatidae)

Texto completo
Autor(es):
Thais Helena Constantino Patelli
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Jaboticabal. 146 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
José Jurandir Fagliari; Eduardo Harry Birgel Junior; Mario Roberto Hatayde; Pedro Carlos Lucas de Oliveira
Orientador: Luiz Carlos Marques
Resumo

As tripanossomíases estão entre as doenças parasitárias mais importantes na África, na Ásia e na América do Sul. Trypanossoma evansi tem ampla variedade de hospedeiro e é patogênico para a maioria dos animais domésticos, causando a doença conhecida como “surra”. O presente trabalho teve como objetivo estudar a evolução clínica, as aletracões hematológicas, bioquímicas séricas, parasitológicas e anatomopatológicas em caprinos experimentalmenteinoculados com T. evansi. Foram utlizadas dez fêmeas caprinas, sendo seis inoculadas com 2,38 x 106 tripomastigotas sangüícolas de T. evansi e as quatro outras foram mantidas como testemunhas. Exames clínicos foram realizados duas vezes ao dia durante sessenta dias consecutivos, posteriormente a cada dois dias até o 73° DAI (dias após a inocualção) e quinzenalmente até o final do período experimental (365 dias). Exames hematológicos e bioquímicos foram realizados diariamente até o 14° DAI, posteriormente a intervalos semanais até o 98° DAI e quinzenalmente até o 365 ° DAI. Pesquisa de T. evansi no sangue periférico das cabras foram realizadas em exame de gota espessa, lâminas coradas pelo método de May-Gruenwald e Giemsa, método de concentração de Strout e através da prova biológica (inoculação em ratos). Pelo exame de gota espessa, a presença de T. evansi foi detectada do 21° ao 95° DAI. Todas as cabras albergaram o parasita durante todo o período experimental. A temperatura retal, os movimentos rumenais e as freqüências cardíaca e respiratória não apresentaram variações significativas. Aumento de volume dos linfonodos foi observado em três animais inoculados. A resposta imune humoral foi detectada através da reação de imunofluorescência indireta (RIFI) a partir do 14° DAI, alcançando títulos máximos (1:1280) entre o 28° e 168° DAI. Achados histopatológicos incluem hiperplasia... (AU)

Processo FAPESP: 03/06783-5 - Infeccao experimental em caprinos com trypanosoma evansi stell, 1885 (sarcomastigophora: trypanosomatidae).
Beneficiário:Thais Helena Constantino Patelli
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado