Busca avançada
Ano de início
Entree


Modelos para estimação de componentes de (co)variância para pesos do nascimento à idade adulta de animais da raça Nelore

Texto completo
Autor(es):
Arione Augusti Boligon
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Jaboticabal. 97 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Paulo Roberto Nogara Rorato; Banca Lenira El Faro Zadra; Henrique Nunes de Oliveira; Fernando Sebastián Baldi Rey
Orientador: Lucia Galvão de Albuquerque; Maria Eugênia Zerlotti Mercadante
Resumo

O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de estudar a variação genética de pesos obtidos do nascimento à idade adulta, utilizando modelos multi-características (MC) e de regressão aleatória (MRA), visando obter modelos adequados e parcimoniosos para a estimação de componentes de (co)variância e predição de valores genéticos de animais da raça Nelore, os quais possam ser utilizados em programas de melhoramento genético. As medidas de peso utilizadas são provenientes de oito fazendas participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN). As análises MC foram realizadas considerando nove pesos: peso ao nascer, desmama, ano, sobreano e aos 2, 3, 4, 5 e 6 anos de idade. Foram estudados os seguintes modelos: multi-características padrão, cinco modelos de posto reduzido ajustando os primeiros 1, 2, 3, 4 e 5 componentes principais genéticos e cinco modelos utilizando análise de fatores com 1, 2, 3, 4 e 5 fatores. Em todos os modelos foram considerados os efeitos aleatórios genético aditivo direto e residual. Para o peso ao nascer e à desmama também foram incluídos, como aleatórios, os efeitos genético materno e ambiente permanente materno. Foram considerados os efeitos fixos de grupo de contemporâneos e efeitos linear e quadrático da idade do animal à pesagem (exceto para o peso ao nascer) e idade da mãe ao parto. As matrizes de (co)variâncias genética materna, de ambiente permanente materno e residual foram assumidas terem posto completo. Os resultados indicam que apenas três componentes principais são requeridos para modelar a estrutura das (co)variâncias genéticas entre pesos do nascimento à idade adulta, reduzindo assim o número de parâmetros nas análises. Nas análises utilizando MRA foram utilizados pesos de fêmeas do nascimento... (AU)

Processo FAPESP: 07/57354-8 - Modelos para estimação de componentes de (co)variância para pesos do nascimento a idade adulta de animais da raça Nelore
Beneficiário:Arione Augusti Boligon
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado