Busca avançada
Ano de início
Entree


Desenvolvimento de sistema para sísmica up-hole em conjunto com o ensaio SPT

Texto completo
Autor(es):
Rubens Antonio Amaral Pedrini
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Bauru. 113 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Engenharia (Campus de Bauru).
Data de defesa:
Membros da banca:
Otávio Coaracy Brasil Gandolfo; George de Paula Bernardes
Orientador: Heraldo Luiz Giacheti
Resumo

Este trabalho apresenta o sistema e metodologia para realização e interpretação de ensaios sísmicos up-role durante uma sondagem de simples reconhecimento (SPT). Este ensaio híbrido, conhecido também como S-SPT, incorpora a medida de velocidade de propagação de ondas de cisalhamento (Vs) ao ensaio SPT, visando uma melhor investigação do subsolo. A possibilidade de se medir, ao mesmo tempo e no mesmo furo, os valores de N do SPT e Vs, permitem calcular o módulo de cisalhamento máximo (Go), abrindo uma nova perspectiva para investigação de solos tropicais colapsíveis, a partir da relação Go/N, similar a relação Go/qc. O sistema é composto por um hardware (geofones, trigger e sistema de aquisição de dados) e softwares, um para registro dos sinais sísmicos e outro para sua interpretação. A metodologia de execução dos ensaios foi aperfeiçoada, a partir da realização de várias campanhas de ensaios de campo. Para a interpretação dos sinais e cálculo das velocidades foi elaborado um software, que possibilita definir os perfis de Vs sem a necessidade de outras ferramentas. Esse software possibilita o processamento e visualização dos registros, além de permitir aplicar um método específico para cálculo das velocidades de onda considerando a refração das ondas durante sua propagação através das diversas camadas do meio, conforme a Lei de Snell. Foram realizadas campanhas de ensaios S-SPT em um campo experimental localizado na cidade de Bauru, interior do estado de São Paulo, Brasil, para desenvolver o sistema e validar sua aplicação. Os resultados desses ensaios foram comparados com valores de Vs referência, determinados através de ensaios sísmicos down-hole, tipo SCPT. O ensaio S-SPT mostrou ser uma técnica interessante e aplicável, uma vez que a diferença entre os valores de Vs medidos com os de referência foi baixa, com um valor médio inferior a 10% para as áreas investigadas. Deste modo, pode ser (AU)

Processo FAPESP: 09/12428-0 - Desenvolvimento de sistema para realização de sísmica up-hole em conjunto com sondagens SPT
Beneficiário:Rubens Antonio Amaral Pedrini
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado