Busca avançada
Ano de início
Entree

Adalberto Fazzio

CV Lattes ORCID


Ministério da Educação (Brasil). Universidade Federal do ABC (UFABC). Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Adalberto Fazzio, Professor Titular do Instituto de Física da USP, é natural de Sorocaba-SP. Bacharel e Mestre em Física pela Universidade de Brasília/UnB, nos anos de 1973 e 1975, respectivamente. Doutor em Física pela Universidade de São Paulo/USP em 1978. Em 1985, tornou-se Livre-Docente no Instituto de Física da USP e, desde 1991, é Professor Titular daquela Instituição. Atualmente, Aposentado da USP, é o Diretor da Ilum Escola de Ciência/CNPEM. Foi pesquisador visitante no National Renewable Energy Laboratory (EUA) e no Fritz-Häber-Institut (Berlim, Alemanha). É pesquisador I-A do CNPq. Ocupou os cargos de Secretário, Secretário-Geral, Vice-Presidente e Presidente da Sociedade Brasileira de Física (SBF) e, também, Conselheiro da SBF. Foi Chefe do Departamento de Física dos Materiais e Mecânica, Vice-Diretor e Diretor do Instituto de Física da USP. É membro da Academia Brasileira de Ciências (ABC). Em 2006, recebeu a comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico. No ano de 2008, foi nomeado pelo Ministro da Educação, membro do Conselho Superior da CAPES e Reitor da Universidade Federal do ABC, onde também foi Diretor do Centro de Ciências Naturais e Humanas. Em 2010, foi promovido à Classe da Grã-Cruz, na Ordem Nacional do Mérito Científico. Em março de 2011 foi nomeado, pelo Ministro da Ciência e Tecnologia, Coordenador-Geral de Micro e Nanotecnologias da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCT e Assessor Especial do Ministro. Em julho foi designado, pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, para o cargo de Secretário Adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI, exercido até 1º de novembro de 2013. Em outubro de 2013 foi eleito Membro da TWAS (The World Academy of Sciences). Em 2015, assumiu a Subsecretaria de Coordenação das Unidades de Pesquisa do MCTI. Sua área de atuação sempre esteve voltada para a Física da Matéria Condensada, dirigida primordialmente no entendimento de propriedades estruturais, magnéticas e de transporte em materiais. Atualmente trabalhando em propriedades de nanomateriais e isolantes topológicos. Com mais de 300 publicações em revistas especializadas (12052 citações, Google; fator de impacto H = 57, Google), tem contribuído com importantes trabalhos no entendimento no campo da ciência de materiais, e uma participação bastante ativa na orientação de mestres e doutores. Seu grupo de pesquisa trabalhou no desenvolvimento de métodos e algoritmos computacionais, aplicados a materiais, procurando entender os processos de crescimentos, difusão atômica, interfaces, defeitos extensos e ações de campo externo (campo elétrico, campo magnético, pressões e temperaturas). De 2017 a 2021 atuou como Diretor do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano/CNPEM) e atualmente ocupa o cargo de Diretor do da Ilum Escola de Ciência(CNPEM). (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Inteligencia artificial aplicada a la búsqueda de materiales 
Emplean inteligencia artificial en la búsqueda de nuevos materiales 
El giro del grafeno 
Inteligência artificial é usada na busca por novos materiais 
O giro do grafeno 
La energía del germanio 
A energia do germânio 
El secreto de los memristores 
O segredo do memoristor 
Electricidad de muchas formas 
Electricidad de muchas formas 
Menos pérdida de energía 
Eletricidade de muitas formas 
Menos perda de energia 
Orfebrería atómica 
Ourivesaria em átomos 
Ourivesaria em átomos 
Magia superficial 
Magia superficial 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
12ª Conferência FAPESP 60 anos: Materiais Quânticos 
2º Simpósio Nacional de Nanobiotecnologia 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 03/12/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Adsorção (química) Aprendizado computacional Átomos Big data Biofísica Biomateriais Carbeto de silício Ciência de dados Ciências Exatas e da Terra Colaboração científica Condução eletrônica Congressos Cooperação técnica Design Dinâmica das estruturas Dióxido de silício Efeito Hall quântico Ensino de física Estrutura eletrônica Ferromagnetismo Física Atômica e Molecular Física atômica Física da Matéria Condensada Física médica Física molecular Física nuclear Física Fluidos complexos Germânio Grafenos Heteroestruturas Impureza magnética Informática Infraestrutura Intercâmbio de pesquisadores Interdisciplinar Isolantes topológicos Matéria condensada Materiais amorfos Materiais bidimensionais Materiais nanoestruturados Materiais Mecânica estatística Meio ambiente Metais de transição Método de Monte Carlo Métodos ab initio Minerais Nanociência Nanoeletrônica Nanofios Nanofitas Nanotecnologia Nanotoxicologia Nanotubos de carbono Nitreto de silício Óptica Óxidos Poluentes orgânicos Potencial de Tersoff Problemas de muitos corpos Processos de magnetização Projetos de infraestrutura Propriedades de transporte Propriedades dos materiais Propriedades eletrônicas Propriedades magnéticas Recursos para a pesquisa Semicondutores (físico-química) Semicondutores Silício Simulação de dinâmica molecular Simulação por computador Sistemas complexos Sistemas desordenados Solventes Spin Spintrônica Superfícies Teoria do funcional da densidade Termodinâmica Toxicidade Transporte de carga Transporte eletrônico
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - Grafeno 2º bloco


O programa mostra as pesquisas com o grafeno realizadas no Brasil. O grafeno é um nanomaterial que tem como característica ser um excelente condutor de eletricidade. O fato de pesquisadores de Manchester, na Inglaterra, terem conseguido isolar esse material abriu caminho para pesquisas que querem usar o grafeno na indústria eletrônica, mecânica e médica. O SP Pesquisa visitou centros de excelência no estudo desse nanomaterial e apresenta as maneiras de se obter o grafeno em laboratório.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: