Busca avançada
Ano de início
Entree

Walter Alves Neves

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências (IB)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1981), estágio sanduiche pré-doutorado nas Universidades de Stanford e Berkeley (1982), doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1984), pós-doutorados pelo Center for American Archeology, Northwestern University (1985) e pelo Departamento de Antropologia da USP (1991-92), Livre Docência em Evolução Humana pelo Departamento de Genética e Biologia Evolutiva da Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é Professor Titular do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva da Universidade de São Paulo, onde fundou e coordena o Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos, único do gênero da América Latina. Tem produção científica e orientação a graduandos e pós-graduandos nas áreas de Antropologia Biológica, Antropologia Ecológica, Arqueologia Pré-Histórica, Ecologia Humana, Psicologia Evolutiva e Paleontologia de Megamamíferos. No momento seu interesse e projeto de pesquisa principais referem-se à origem do homem na América. Foi responsável pelo estudo de "Luzia", o esqueleto humano mais antigo das Américas. Dedica-se também com intensidade à divulgação científica para o grande público, principalmente atraves de exposições museográficas, livros e artigos. A partir de 2013 implantou na Jordânia o projeto " Evolução biocultural hominínia no Vale do rio Zarqa, Jordânia: uma abordagem paleoantropológica", que tem como objetivo estudar os primeiros representantes do gênero Homo que deixaram a África por volta de 2 milhões de anos. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Diaspora 2.5 million years ago 
Una diáspora de hace 2,5 millones de años 
Una diáspora de hace 2,5 millones de años 
Cuando había indígenas en Lagoa Santa 
Cuando había indígenas en Lagoa Santa 
Achado na Jordânia indica que homem pode ter saído da África 400 mil anos antes do que se pensava 
Divulgadores de ciência fortalecem redes e diversificam atuação 
Los pueblos de Lagoa Santa 
Los pueblos de Lagoa Santa 
Os povos de Lagoa Santa 
Pesquisadores encontram crânio decapitado em Minas Gerais 
A América de Luzia 
La América de Luzia 
Como os nossos pais 
Como nuestros padres 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 30/07/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - A origem do Homem Americano - 1º bloco


O programa apresenta as novas descobertas sobre a origem do Homem americano. Como a espécie humana chegou a América é um dos mistérios que a Ciência ainda não desvendou. Mas os cientistas do Brasil têm encontrado cada vez mais provas de que a ocupação da América foi muito mais diversificada do que se pensava em décadas passadas. O bioantropólogo Walter Neves mostra os fósseis que confirmam que os primeiros habitantes da América do Sul pertenciam ao chamado Povo de Luzia. O São Paulo Pesquisa mostra como os cientistas investigam os costumes dos nossos ancestrais, e porque os mais recentes achados podem mudar o conhecimento sobre a história pré-colombiana.

SP Pesquisa - A origem do Homem Americano - 2º bloco


O programa apresenta as novas descobertas sobre a origem do Homem americano. Como a espécie humana chegou a América é um dos mistérios que a Ciência ainda não desvendou. Mas os cientistas do Brasil têm encontrado cada vez mais provas de que a ocupação da América foi muito mais diversificada do que se pensava em décadas passadas. O bioantropólogo Walter Neves mostra os fósseis que confirmam que os primeiros habitantes da América do Sul pertenciam ao chamado Povo de Luzia. O São Paulo Pesquisa mostra como os cientistas investigam os costumes dos nossos ancestrais, e porque os mais recentes achados podem mudar o conhecimento sobre a história pré-colombiana.

Do Macaco ao Homem


Publicado em 04 de setembro de 2014 - Pesquisa FAPESP. A cidade de São Paulo conta agora com uma exposição permanente sobre a evolução da espécie humana. A instalação "Do Macaco ao Homem" está no Catavento Cultural e reúne réplicas dos principais fósseis de hominídeos encontrados desde o início do século 20 até hoje. É a grande chance de o público ver uma coleção não só de esqueletos de hominídeos, mas também de ferramentas e objetos de arte feitos na pré-história. A exposição só foi possível graças a uma parceria entre o Catavento Cultural e o Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos, no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP), coordenado pelo bioantropólogo Walter Neves.

Pedro Leopoldo: O berço de Luzia (parte 1)


Publicado em 10 de fevereiro de 2010 - Pesquisa FAPESP. O filme mostra os sítios arqueológicos de Pedro Leopoldo, na região mineira de Lagoa Santa, nos arredores de Belo Horizonte, onde foi encontrado um crânio de 11 mil anos de idade, chamado informalmente de Luzia. A área é alvo de um grande projeto de pesquisa sobre a origem do homem nas Américas coordenado pelo arqueólogo Waltes Neves, do Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos (LEEH) do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB/USP) . Produzido pela prefeitura de Pedro Leopoldo e pelo LEEH em 2007, o vídeo foi gentilmente cedido a Pesquisa FAPESP por Walter Neves.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: