Busca avançada
Ano de início
Entree

Renata Giorgi

CV Lattes Google Scholar Citations


Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Instituto Butantan  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Ciências Farmacêuticas pelo Centro Universitário Herminio Ometto de Araras (1988), mestrado (1993) e doutorado (1998) em Patologia Experimental e Comparada pela Universidade de São Paulo (1993). Pesquisador científico nível VI do Laboratório de Fisiopatologia do Instituto Butantan. Orienta alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado. Assessor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tem experiência na área de Farmacologia e Patologia, com ênfase em Fisiopatologia da Inflamação e Dor. Desenvolve projetos nos seguintes temas: atividade antinociceptiva do veneno de Crotalus durissus terrificus, efeito antinociceptivo e anti-tumoral do peptídeo sintético do C-terminal da proteína S100A9 murina, neutrófilo e proteína ligante de Cálcio S100A9 no controle da dor inflamatória, receptores ativados por proteases (PARs) na hiperalgesia e na resposta inflamatória, participação dos receptores purinérgicos nos mecanismos periféricos e centrais envolvidos na hiperalgesia induzida por plaquetas e pelo veneno de serpentes Bothrops jararaca. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 30/07/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: