Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Ocurrence of pepper yellow mosaic virus and cucumber mosaic virus on Capsicum chinense in the state of Amazonas, Brazil

Título (Português): Ocorrência do pepper yellow mosaic virus e cucumber mosaic virus em Capsicum chinense no estado do Amazonas, Brasil
Texto completo
Autor(es):
Leonor Cristina Silva SOUZA ; Rogerio Eiji HANADA ; Luiz Alberto Guimarães ASSIS ; Viviana M. CAMELO-GARCÍA ; Jorge Alberto Marques REZENDE ; Valdir A. YUKI ; Elliot W. KITAJIMA
Número total de Autores: 7
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Acta Amazonica; v. 50, n. 1, p. 5-7, Mar. 2020.
Citações Web of Science: 0
Resumo

ABSTRACT The habanero chilli pepper, Capsicum chinense is an important crop in the Amazon Basin, mainly grown by small-scale producers. Capsicum chinense plants in an experimental field in the northern Brazilian state of Amazonas were found exhibiting characteristic symptoms of viral infection. Leaf sap from symptomatic plants examined under a transmission electron microscope revealed the presence of elongated flexuous particles and isometric particles. Using molecular assays, the viruses were identified as pepper yellow mosaic virus (PepYMV) and cucumber mosaic virus (CMV). Aphids, identified as Aphis gossypii, were found colonizing the C. chinense plants in the field and may be the vector for both PepYMV and CMV. We report the first occurrence of these viruses infecting C. chinense in the state of Amazonas. (AU)

Resumo

RESUMO A pimenta-de-cheiro, Capsicum chinense é uma cultura importante na Bacia Amazônica, cultivada principalmente por pequenos produtores. Plantas de C. chinense em um campo experimental localizado no norte do estado brasileiro do Amazonas, foram encontradas apresentando sintomas característicos de infecção viral. Extratos de amostras de folhas sintomáticas examinados ao microscópio eletrônico de transmissão revelaram a presença de partículas alongadas e flexuosas e de partículas isométricas. Análises moleculares permitiram identificar a presença do pepper yellow mosaic virus (PepYMV) e do cucumber mosaic virus (CMV). Pulgões, identificados como Aphis gossypii foram encontrados colonizando pimenteiras-de-cheiro neste campo experimental e podem representar o provável vetor de PepYMV e CMV. Este trabalho relata a primeira ocorrência desses vírus infectando C. chinense no estado do Amazonas. (AU)

Processo FAPESP: 17/18910-4 - Avaliação da diversidade dos patógenos moleculares (vírus e viróides de plantas) no Brasil: fase II-2018
Beneficiário:Elliot Watanabe Kitajima
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular