Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Novo gênero Neotropical de Spintharinae (Araneae, Theridiidae)

Texto completo
Autor(es):
Maria Aparecida L. Marques ; Erica Helena Buckup ; Everton Nei Lopes Rodrigues
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: IHERINGIA SERIE ZOOLOGIA; v. 101, n. 4, p. 372-381, Dez. 2011.
Resumo

Neopisinus gen. nov. é proposto com designação da espécie-tipo Neopisisnus fiapo sp. nov., com base em ambos os sexos, do Rio Grande do Sul, Brasil. Neopisinus distingue-se de todos os gêneros de Spintharinae pelo palpo do macho com enorme condutor trífido, com duas projeções afiladas e uma com ápice bifurcado; pela forma característica da apófise tegular de theridioideos com um lobo terminal e outro dorsal. Nas fêmeas, epígino com aberturas inconspícuas junto à fenda transversal no terço anterior e, internamente, por um espessamento mediano-longitudinal tubular, por onde correm os ductos de copulação em seu percurso inicial. Neopisinus urucu sp. nov. é descrita do norte do Brasil, com base em ambos os sexos. Sete espécies são transferidas de Episinus para Neopisinus: N. bigibbosus (O. P.-Cambridge, 1896), N. bruneoviridis (Mello-Leitão, 1948), N. cognatus (O. P.-Cambridge, 1893), N. gratiosus (Bryant, 1940), N. longipes (Keyserling, 1884), N. putus (O. P.-Cambridge, 1894) e N. recifensis (Levi, 1964). São descritos pela primeira vez o macho de N. longipes e a fêmea de N. recifensis. Novas ocorrências e ilustrações são apresentadas para N. bruneoviridis. (AU)

Processo FAPESP: 11/02036-7 - Revisão taxonômica e análise cladística dos gêneros de Dubiaraneinae (Arachnida, Araneae, Linyphiidae)
Beneficiário:Everton Nei Lopes Rodrigues
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado