Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do exercício físico na via da autofagia

Processo: 19/00137-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia do Esforço
Convênio/Acordo: Consórcio de Alberta, Laval, Dalhousie e Ottawa (CALDO)
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Adelino Sanchez Ramos da Silva
Beneficiário:Adelino Sanchez Ramos da Silva
Pesq. responsável no exterior: Joe Quadrilatero
Instituição no exterior: University of Waterloo, Canadá
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/09038-1 - Efeitos do exercício físico regular e do overtraining no comportamento da via autofágica em diferentes tecidos de camundongos, AP.R
Assunto(s):Envelhecimento  Morte celular  Autofagia  Degradação mitocondrial  Estresse oxidativo  Exercício físico  Sistema musculoesquelético  Cooperação internacional 

Resumo

A autofagia é um mecanismo de degradação celular que auxilia na remoção de conteúdos citoplasmáticos, como macromoléculas e organelas. Atualmente, o Dr. Adelino Sanchez Ramos da Silva é o investigador principal de cinco projetos apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) que visam avaliar os efeitos do exercício físico sobre a autofagia em múltiplos tecidos. O principal foco de pesquisa do Dr. Joe Quadrilatero é investigar os mecanismos bioquímicos e moleculares que regulam os processos de morte celular (ou seja, apoptose e autofagia) nos tecidos, principalmente no músculo esquelético. Especificamente, seu laboratório está interessado em como a mitofagia (um mecanismo seletivo de autofagia para a degradação da mitocôndria), a função mitocondrial e o estresse oxidativo influenciam a sinalização da morte celular em resposta a lesão/estresse, envelhecimento e doença. Os objetivos desta proposta são: 1) estabelecer uma parceria de pesquisa em que uma das alunas de pós-graduação do Dr. Adelino, Ana Paula Pinto (beneficiária FAPESP, processo número 2017/19869-8), envie um projeto para concorrer a uma Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) para trabalhar com o Dr. Joe Quadrilatero e avaliar os efeitos do overtraining na mitofagia do músculo esquelético; 2) estabelecer um projeto de pesquisa colaborativa que será submetido a agências de fomento de pesquisa no Canadá e no Brasil. Em resumo, esta proposta de pesquisa terá validade de dois anos e resultará em duas visitas de cada um dos pesquisadores ao Canadá e ao Brasil, respectivamente. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.