Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de laminados cerâmicos cimentados sobre dentes com e sem término cervical nos mediadores inflamatórios e microbiota do fluido gengival crevicular. Estudo clínico controlado, randomizado, cego, prospectivo e longitudinal usando ELISA e RT-PCR

Resumo

Objetivo: quantificar a presença de biomarcadores e de bactérias colonizadoras do sulco gengival, em paralelo a verificaçãode parâmetros clínicos periodontais e da adaptação marginal da restauração de dentes naturais submetidos a tratamento estético com laminados cerâmicos com e sem término cervical determinado por randomização e com a margem cervical da restauração com extensão subgengival de até 0,5mm. Materiais e Métodos: 28 pacientes serão tratados com laminados cerâmicos, em dissilicato de lítio monolítico, com 0,2mm de espessura na borda cervical os quais serão cimentados sobre dentes anteriores maxilares com e sem término cervical. Para todos os grupos será feita a coleta do fluido gengival crevicular (GCF) previamente a cimentação da restauração (baseline) e nos tempos (t) futuros: t7 - 7 dias, t15 - 15 dias, t30 - 30 dias, t60 - 60 dias e t180 - 180 dias após a cimentação da restauração, nos quais será calculado o volume do GCF e quantificado os biomarcadores: TNF-alfa, IL-1beta, IL-6, MMP-8, MMP-9, colágeno tipo I, TIMP-1, TIMP-2 e TGF-beta pelo teste ELISA. Nos mesmos tempos, será quantificada a presença das bactérias S. sanguis, S. mitis, A. naeslundii, F. nucleatum, P. intermedia, P. gingivalis., T. forsythia e T. denticola, por meio de PCR em tempo real. Clinicamente, serão avaliados os parâmetros periodontais: índice de placa visível (IPV), sangramento a sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS), nível de inserção clínica (NIC), recessão gengival (RG), espessura de gengiva queratinizada (GQ) e inserida (GI) e tipo de biótipo gengival (BG). Também será realizada a avaliação da adaptação marginal da restauração em todos os tempos de estudo. Serão obtidas réplicas da região cervical em resina epóxi, após 7, 30 e 180 dias da cimentação para verificação da adaptação marginal e do sobrecontorno da restauração no microscópio eletrônico de varredura (MEV). Resultados: após a tabulação dos dados será verificado o atendimento as pressuposições de normalidade e homogeneidade, considerando a aplicação do teste ANOVA com medidas repetidas no tempo. Caso as pressuposições não sejam atendidas, serão realizados testes não paramétricos. O nível de significância considerado para diferença entre as médias será 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)