Busca avançada
Ano de início
Entree

Processo tecnológico integrado de tratamento pós-colheita de frutas para o controle de podridões, sem o uso de agroquímicos

Resumo

O presente projeto propõe disponibilizar um processo tecnológico inovador, alternativo ao uso de agroquímicos, e validar um equipamento piloto de tratamento pós-colheita de frutas que combina métodos físicos, pelo tratamento hidrotérmico por aspersão e irradiação com luz UVC, com a aplicação de água ozonizada, para controlar doenças pós-colheita de manga, laranja, melão e mamão. Além disso, visando prolongar o período residual de controle do processo, avaliar o uso de óleo mineral ozonizado e de revestimentos naturais à base de carboximetilcelulose e de quitosana impregnada com sílicas mesoporosas contendo compostos bioativos naturais. A motivação para o desenvolvimento desta tecnologia está na demanda de produtores, exportadores e de consumidores de frutas, por tratamentos eficazes, que mantenham o frescor e a qualidade das frutas, e que sejam seguros e limpos, sem o emprego de fungicidas e outros compostos químicos, que deixam resíduos tóxicos prejudiciais à saúde. Os métodos físicos são comprovadamente eficazes no controle de microrganimos além de atuar positivamente na fisiologia da fruta, retardando os processos bioquímicos de amadurecimento e senescência, e induzir mecanismos de resistência contra o ataque de fitopatógenos, prolongando o tempo de vida útil de prateleira. O ozônio possui alta reatividade a alto poder oxidativo e com efeito germicida três mil vezes superior ao cloro. A aplicação de ozônio será avaliada no resfriamento das frutas em água ozonizada e pela pulverização de óleo mineral ozonizado, que possibilita a permanência de ozônio livre e ativo na epiderme da fruta por pelo menos 40 dias. Revestimentos naturais à base de carboximetilcelulose e quitosana com sílicas mesoporosas, além de aumentar o tempo de conservação das frutas, possibilitam, de maneira segura, imobilizar e liberar de forma controlada, compostos bioativos à base de óleos essenciais, prolongando o período de eficiência de controle. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TERAO, DANIEL; NECHET, KATIA L.; FRIGHETTO, ROSA T. S.; ANJOS, VALERIA D. A.; MAIA, ALINE H. N.; HALFELD-VIEIRA, BERNARDO A. Control of Fusarium rot in Galia melon and preservation of fruit quality with UV-C radiation and hot water treatments. TROPICAL PLANT PATHOLOGY, v. 46, n. 3, p. 350-359, JUN 2021. Citações Web of Science: 0.
LARISSA ROCHA TERRA; MARCIA MIGUEL CASTRO FERREIRA; DANIEL TERAO; SONIA CLAUDIA DO NASCIMENTO DE QUEIROZ. OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO NÃO INVASIVO E NÃO DESTRUTIVO DE EXTRAÇÃO E ANÁLISE DE METABÓLITOS VOLÁTEIS DE MAMÃO PAPAIA POR SPME-GC-MS. Química Nova, v. 43, n. 9, p. 1240-1245, Set. 2020.
TERAO, DANIEL; NECHET, KATIA DE LIMA; SHIRAISHI FRIGHETTO, ROSA TOYOKO; CERQUEIRA SASAKI, FABIANA FUMI. Ozonated water combined with heat treatment to control the stem-end rot of papaya. Scientia Horticulturae, v. 257, NOV 17 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.