Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo da estrutura e a dinâmica das comunidades dulceaquícolas tropicais e temperadas

Processo: 19/05464-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 24 de outubro de 2019 - 14 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Convênio/Acordo: CONFAP ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil ; UK Academies
Pesquisador responsável:Hugo Miguel Preto de Morais Sarmento
Beneficiário:Hugo Miguel Preto de Morais Sarmento
Pesquisador visitante: Daniel Perkins
Inst. do pesquisador visitante: University of Roehampton, Inglaterra
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

Este projeto resulta de uma colaboração que reúne áreas de atuação complementares de três pesquisadores trabalhando em disciplinas distintas da área de ecologia aquática: Ecologia microbiana (Hugo Sarmento - FAPESP PI); Ecologia da teias tróficas (Dan Perkins - PD, pesquisador visitante) e ecologia da comunidades (Victor Saito - FAPESP Co-I). A proposta foi iniciada durante um workshop financiado pelo British Council - FAPESC (RLWK8-10592) "Comparing the supply of ecosystem services between temperate and (sub)tropical freshwater systems" em Florianópolis, no Brasil, com a participação de HS, DP e VS em Janeiro de 2019. Neste workshop de 5 dias, percebemos rapidamente que, através de nossas diferentes áreas de especialização, mas com uma perspectiva científica comum, estávamos em uma boa posição para testar hipóteses relacionadas a diferenças na estrutura e na dinâmica das comunidades de água doce. Esta aplicação é o resultado dessas discussões. Basicamente, usando dados fornecidos por VS, testamos algumas dessas hipóteses e percebemos que precisaríamos de dados provenientes de novas amostragens em riachos focando na teia trófica, como os dados mantidos pelo DP (diversos riachos no Reino Unido). Durante o intercâmbio proposto de um mês, propomos iniciar a compilação os dados do Reino Unido com amostras no Brasil, o que nos permitiria testar nossas hipóteses com mais rigor. (AU)