Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilizando a simulação para a implementação do protocolo de atendimento ao paciente suspeito do COVID-19

Processo: 20/04909-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2020 - 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Dario Cecilio Fernandes
Beneficiário:Dario Cecilio Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Bruno de Jorge ; Daniel Batista Munhoz ; Juliany Lino Gomes Silva ; Rafaela Batista dos Santos Pedrosa ; Thiago Martins Santos ; Tiago de Araujo Guerra Grangeia
Vinculado ao auxílio:18/15642-1 - Estudo do impacto de estratégias de avaliação na aprendizagem dos alunos de medicina, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):20/07132-3 - Utilizando a simulação para a implementação do protocolo de atendimento ao paciente suspeito do COVID-19, BP.PD
Assunto(s):Educação médica  COVID-19  Coronavirus da síndrome respiratória aguda grave 2  Infecções por Coronavirus  Doenças transmissíveis  Assistência ao paciente  Pandemias  Protocolos clínicos  Simulação (aprendizagem)  Capacitação profissional  Pessoal de saúde 

Resumo

A simulação clínica tem um papel fundamental na atualização e treinamento de novos protocolos. Com o rápido crescimento do contágio do COVID-19 é de extrema importância a capacitação dos profissionais de saúde que irão atender os pacientes supostamente contaminados com COVID-19. Dessa forma, foi criado um treinamento simulado que visa a implementação do novo protocolo de atendimento de pacientes com suspeição do COVID-19 para todos os profissionais de saúde que trabalham no Hospital das Clínicas da Unicamp. Apesar da importância do treinamento, é necessário investigar se esse está sendo eficaz para aquisição de conhecimento, habilidade e a percepção de se sentir capaz frente ao atendimento, relacionamento com os colegas, autonomia e competência. Objetivo: Esse estudo tem como objetivo investigar a eficácia no treinamento simulado para o COVID-19 na aquisição de conhecimento, habilidade e o sentimento de se sentir capaz frente ao atendimento, relacionamento com os colegas, autonomia e competência do profissional de saúde. Método: este estudo observacional de campo incluirá profissionais da área de saúde do Hospital das Clínicas da Unicamp que aceitem participar da pesquisa. Os profissionais de saúde responderão a dois questionários antes e depois do treinamento. O primeiro questionário conterá 20 questões de conhecimento sobre o protocolo do COVID-19. O segundo questionário conterá 14 questões referentes a autoeficácia, ou seja, quanto o profissional se sente capaz de fazer uma atividade, autonomia, relação com a equipe e competência. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em ensino em saúde na Unicamp 
Pós-doutorado em ensino em saúde na Unicamp