Busca avançada
Ano de início
Entree

Programa de Aplicação de Recursos da Reserva Técnica Institucional da FAPESP ao LMU da FAMERP

Processo: 19/25753-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de abril de 2020 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Alessandra Vidotto
Beneficiário:Alessandra Vidotto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Reserva técnica 

Resumo

Na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP são desenvolvidos projetos relacionados às linhas de pesquisa que fazem parte do Programa de Pós-Graduação da Instituição e que pertencem a diversas áreas, nos Departamentos. Nossa infraestrutura de pesquisa está sediada principalmente no Bloco U-6, construído com auxílio financeiro obtido junto à FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos). Em uma área de 2.310 m² do primeiro pavimento estão instalados e em pleno funcionamento os Laboratórios de Pesquisa, incluindo o Laboratório Multiusuário (LMU). O LMU da FAMERP compreende a infraestrutura e equipamentos destinados às atividades de pesquisa e à produção de conhecimentos e tecnologias que atendam às necessidades da comunidade científica da Instituição. Esse Centro de Pesquisa é denominado Laboratório Multiusuário, pois está aberto à comunidade de pesquisadores que desenvolvam pesquisas em diversas áreas do conhecimento, como Biologia Celular e Molecular, Bioquímica, Genética, Virologia, Microbiologia, Patologia, Área Clínica, entre outras. Os equipamentos que o LMU dispõe foram concedidos por agências de fomento à pesquisa a docentes da FAMERP, junto à Diretoria Adjunta de Pesquisa, que exerceram na época a função de Coordenadores de Projetos Multiusuários. Atualmente, o LMU da FAMERP reúne equipamentos de relevância científica para o desenvolvimento de Pesquisa de qualidade no país, como equipamento que realiza HPLC, Luminômetro, Citômetro de Fluxo, qRT PCR, Microscópio de Fluorescência, Micrótomo, Sistema de Purificação de água, Freezer -80ºC, entre outros. Assim, existe a necessidade de continuar investindo em metodologias de ponta no LMU, com a implantação de abordagens que inovem a prática de pesquisa, ensino e extensão da Instituição, fazendo com que a FAMERP possa obter maior destaque na Pesquisa no país. É conveniente ressaltar que a expansão nas atividades de ensino, pesquisa e extensão da FAMERP são possíveis somente com a obtenção de financiamentos concedidos para aquisição de equipamentos de laboratórios e adequação da sua infraestrutura. Atualmente, foi identificada a necessidade da aquisição de um equipamento de médio porte que pode beneficiar a qualidade do trabalho desenvolvido no LMU, além de auxiliar nos projetos em desenvolvimento por diversos grupos de pesquisa da Instituição. Desta forma, nesta proposta foi verificada a necessidade de obtenção de dois Equipamentos de pequeno porte, Material de Consumo e Serviço de Terceiros. Desta forma, a FAMERP optou por aplicar a verba referente à Reserva Técnica Institucional da FAPESP de 2019 (ano de base 2018) para a aquisição de um Qubit (para compor uma Plataforma de Sequenciamento de Nova Geração que está sendo adquirida com verba da FINEP) e uma Máquina de Gelo (uma vez que o equipamento que o LMU possui não está mais funcionando, mesmo após realizar várias Manutenções Corretivas). Além dos dois equipamentos, também serão necessários Serviços de Terceiros e Material de Consumo para manter os equipamentos funcionando de forma adequada. Assim, a proposta intitulada "Programa de Aplicação de Recursos da Reserva Técnica Institucional da FAPESP ao LMU da FAMERP" tem o objetivo de continuar tornando o LMU mais acessível a toda comunidade científica da Instituição, assim como o Hospital de Base e outros Centros de Pesquisa, fazendo com que a FAMERP torne-se referência em Pesquisa, com articulação de estratégias em Pesquisa e Pós-Graduação, resultando em maior interação acadêmica e de extensão de serviços à comunidade. (AU)