Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 17/16451-2: Agilent 4200 TapeStation

Processo: 20/06527-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de julho de 2020 - 30 de junho de 2027
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Arqueologia Pré-histórica
Pesquisador responsável:André Menezes Strauss
Beneficiário:André Menezes Strauss
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/16451-2 - Histórias indígenas de longa duração: o Brasil pré-colonial pela ótica da antropologia virtual e da arqueogenômica, AP.JP
Assunto(s):RNA  DNA  Eletroforese  Aquisição de equipamentos  Equipamentos multiusuários 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

O equipamento Agilent TapeStation 4200 é um sistema de eletroforese automatizado, utilizado para controle de qualidade de amostras de DNA e RNA, em especial aquelas envolvendo o preparo de amostras para sequenciamento de nova geração. Este tipo de sistema é mais preciso, requer uma menor quantidade do material a ser analisado e faz as análises mais rapidamente em relação à sistemas de eletroforese convencionais. O equipamento Agilent TapeStation 4200 foi concedido na modalidade Programa Equipamentos Multiusuários (EMU) da FAPESP ao Dr. André Menezes Strauss - Professor do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) da Universidade de São Paulo (USP) no âmbito do projeto de Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores FAPESP 17/16451-2 para ser instalado na Facility GENIAL (Genome Investigation and Analysis Laboratory) do Centro de Facilidades para a Pesquisa (CEFAP) do Instituto de Ciências Biomédicas da USP (Ed. Biomédicas 4, Tel: 3091-7786). (AU)