Busca avançada
Ano de início
Entree

Rhodococcus opacus como biossorvente para tratamento de drenagem ácida de minas

Resumo

Proveniente das atividades de mineração, a drenagem ácida de minas (DAM) é uma solução aquosa caracterizada por elevada acidez e altas concentrações de sulfates de metais e, representa grandes riscos ambientais, em especial, impactos hídricos, em consequência da solubilização e mobilização de metais pesados. A pesquisa por novos processos de tratamento de efluentes contaminados com metais tem focado sua atenção na capacidade que certos materiais biológicos têm de fixar íons metálicos. A biossorção é um processo vantajoso quando comparado aos tratamentos convencionais porque não requer altos custos de investimento e operação, é um processo rápido e pode ser seletivo, além disso, o metal pode ser recuperado e o biossorvente reutilizado. Rhodococcus opcaus é uma bactéria, gram-positiva, não patogênica, de fácil aquisição que apresenta em sua parede celular compostos que lhe conferem alta hidrofobicidade características que tomam esta espécie microbiana um potencial agente de sorção. O objetivo deste trabalho é avaliar a capacidade do Rhodococcus opacus como biossorvente destinado ao tratamento da drenagem ácida de minas através de ensaios experimentais em batelada. Os parâmetros operacionais investigados na etapa de biossorção serão o pH da solução, a concentração de biomassa e o tempo de equilíbrio. As características da superfície do microrganismo e os possíveis mecanismos de interação envolvidos na sorção dos metais pelo Rhodococcus opacus serão avaliados através da medição de potencial zeta, análise de espectroscopia de infravermelho e análise de micrografias obtidas no microscópio eletrônico de varredura (MEV). Como resultado espera-se que o Rhodococcus opacus apresente características adequadas no que tange a biossorção dos metais presentes na DAM. (AU)