Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU de aquisição de espectrômetro de raios X para medida de elementos traço em aerossóis atmosféricos

Processo: 09/54201-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Artaxo Netto
Beneficiário:Paulo Eduardo Artaxo Netto
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espectrometria de raios X  Metais pesados  Poluição do ar  Aerossóis  Amazônia 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/publicacoes/emu_exa_57.pdf
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

Será adquirido um espectrômetro de raios-X com feixe polarizado, com capacidade de medida de elementos- -traço a nível de subnanograma por metro cúbico de ar. Este espectrômetro automatizado permitirá excelentes limites de detecção e grande capacidade de processamento de amostras. Este espectrômetro de raios-X dispersivo em energia é muito versátil com vários alvos secundários e uma geometria especial que permite análises rápidas e com alta precisão, além de limites de detecção muito inferiores aos métodos de análise disponíveis atualmente no Estado de São Paulo. Ele permitirá a análise de metais pesados e elementos-traço em partículas de aerossóis coletadas na Amazônia, como parte do Projeto Temático Aeroclima, do Programa FAPESP de Mudanças Climáticas Globais. Amostras de aerossóis emitidos em queimadas e naturalmente na Amazônia serão analisadas, que requerem limites de detecção muito baixos. Também realizaremos análises de poluentes na cidade de São Paulo, que serão cruzados com efeitos de poluentes na saúde, em projetos em andamento pela Faculdade de Medicina da USP e pelo IAG/ USP. Modelos receptores que identificam quantitativamente fontes de poluentes necessitam de um número elevado de traçadores que sejam determinados com precisão. O instrumento beneficiará o INCT de Mudanças Climáticas Globais e o INCT de Poluição do Ar e Saúde, além de outros projetos em andamento. (AU)