Busca avançada
Ano de início
Entree

A representação do déficit no discurso da mãe e suas consequências no desenvolvimento do bebê de alto livro: parte II prevenção e atendimento

Processo: 96/05692-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Cooperação CNPq-FAPESP
Vigência: 01 de fevereiro de 1997 - 31 de julho de 1999
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Cooperação CNPq-FAPESP
Pesquisador responsável:Regina Maria Ayres de Camargo Freire
Beneficiário:Regina Maria Ayres de Camargo Freire
Instituição-sede: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Deficiência auditiva  Aquisição da linguagem 

Resumo

O primeiro objetivo será analisar a representação que a família/mãe de uma criança deficiente auditiva constrói de seu bebê. A relação entre estas representações e o desenvolvimento da linguagem da criança e de sua constituição enquanto sujeito está apontada neste projeto. O segundo objetivo consistirá em elaborar uma proposta de atuação preventiva junto a bebês deficientes auditivos, a partir do acompanhamento do bebê indicado acima. Este bebê passará por um processo de adaptação de prótese auditiva e exposição significada ao som. Nesta fase, observaremos se os benefícios da amplificação sonora superam ou são superados pela representação da deficiência auditiva. O terceiro objetivo será analisar a representação que profissionais médicos e paramédicos e os pais têm do bebê de risco a fim de observar como são construídas as representações do "déficit", se estas confluem, coincidem ou são determinadas por um ou por outro desses "lugares". O quarto objetivo será incentivar e propiciar o desenvolvimento de pesquisas sobre a linguagem, tanto na aquisição quanto na patologia, através da organização e montagem de um banco de "corpora". (AU)