Busca avançada
Ano de início
Entree

Intelectuais do Século XX e a educação no Século XXI: o que podemos aprender com eles?

Processo: 08/06530-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Carlos da Fonseca Brandao
Beneficiário:Carlos da Fonseca Brandao
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Filosofia da educação  Teoria crítica  Formação 

Resumo

O livro "Intelectuais do século XX e a Educação no século XXI: o que podemos aprender com eles?", que ora apresentamos, pretende introduzir o leitor num campo de reflexão que tem muito a contribuir para a compreensão do homem e da educação contemporânea, à luz do pensamento de autores que se tornaram clássicos, no decorrer do século XX, nas áreas das ciências sociais (Max Weber, Norbert Elias e Pierre Bourdieu), psicologia (Jean Piaget e Wilhelm Reich), filosofia (Wittignstein, Max Hokheimer, Theodor W. Adorno, Michel Foucault, Gilles Deleuze, Félix Guattari e Matthew Lipman), e, logicamente, na área da educação, por meio da discussão do pensamento de John Dewey, um dos mais importantes - se não o mais importante - pensador da educação no século XX. Num momento em que a sociedade industrial se consolidou - início e transcorrer do século XX -, passa a ser, também, objetivo desse livro relacionar suas contribuições teóricas, entendidas como bases culturais, com a nossa educação do século XXI. Também é verdade que outros pensadores poderiam ter sido escolhidos, mas, se pensarmos assim, sempre seremos injustos com os ausentes, e sempre haverá ausentes. O critério determinante para a escolha desses intelectuais foi a especialização do autor em relação ao pensador, ou seja, todos os autores escolhidos para escreverem sobre as contribuições teórico-metodológicas de cada um dos pensadores citados acima, já têm, no mínimo, um livro e/ou artigo publicado sobre o respectivo pensador.As leituras e interpretações apresentadas abordam questões pertinentes ao cenário atual da educação. Não se pretende responder a todas as questões da educação contemporânea, mas cada texto possibilita a transição constante entre o conceitual e o cotidiano, entre os exemplos e a teoria, entre as polêmicas e o consenso. Como é característica de textos introdutórios - e é assim que olhamos para os ensaios que compõem o presente livro -, os autores se preocuparam em apresentar seus respectivos textos de forma objetiva e sintética, porém bem estruturados.Com a publicação da presente coletânea de ensaios sobre as contribuições conceituais (teóricas e metodológicas) de importantes pensadores do século XX, com o objetivo de compreendermos melhor a educação no século XXI, esperamos dar a nossa contribuição para a área da Educação, sempre permeada pelas grandes áreas das Ciências Humanas e Sociais. Nesse livro, o leitor vai encontrar idéias e reflexões que retomam temas que os clássicos nos ofereceram, procurando traduzi-los para os nossos tempos e suas possíveis relações com a educação. Algumas explícitas, outras nem tanto. Dessa maneira, os textos aqui apresentados poderão ser de grande utilidade para formação de todos os estudantes, professores, e pesquisadores da educação, da psicologia, da filosofia e da sociologia. (AU)