Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de resinas para base de prótese: propriedades físico-mecânicas e união com dentes artificiais e material reembasador

Processo: 11/09562-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Vergani
Beneficiário:Carlos Eduardo Vergani
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Pesq. associados:José Maurício dos Santos Nunes Reis
Assunto(s):Prótese dentária  Reembasamento de dentadura  Resinas acrílicas  Polimetil metacrilato  Temperatura de transição  Propriedades físico-químicas  Resistência ao cisalhamento  Resistência de união (odontologia)  Espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier 

Resumo

As resinas acrílicas compostas por polimetil metacrilato (PMMA) tem sido utilizadas para a confecção de bases de próteses, mesmo apresentando algumas propriedades físico-químicas, mecânicas e biológicas insatisfatórias. Com o intuito de melhorar as propriedades das resinas de base de prótese e simplificar o processo laboratorial de confecção, um novo sistema polimérico foi desenvolvido. Esse material é composto por uretano dimetacrilato (UDMA) e comercializado com o nome de Eclipse (Dentsply Trubyte, York, PA, EUA), sendo indicado como alternativa ao PMMA por apresentar melhor biocompatibilidade, não apresentando monômero residual metil, etil, propil ou butil metacrilato, e pela facilidade de manipulação e confecção de bases de próteses através da fotoativação. No entanto, por ser recente no mercado odontológico, poucos estudos foram realizados para avaliar o seu comportamento físico-químico e mecânico, simulando as condições de utilização na cavidade bucal. Além disso, há pouca informação a respeito da interação desse material com resinas quimicamente ativadas utilizadas na técnica de reembasamento imediato. Dessa forma, o objetivo geral deste estudo será analisar e caracterizar as propriedades viscoelásticas (E', tan´ e Tg), a contração linear de polimerização, a sorção e solubilidade em água, a resistência à abrasão e o grau de conversão de duas resinas para base de prótese, uma fotoativada composta por UDMA (Eclipse) e outra termicamente ativada composta de PMMA (Nature Cryl). Essas propriedades serão comparadas com aquelas de uma resina quimicamente ativada para reembasamento imediato (Tokuyama Rebase Fast II). Além disso, será analisada, por meio de ensaios mecânicos estáticos e dinâmicos, a resistência à flexão de corpos-de-prova intactos (não reembasados) e reembasados (reembasamento mediato e imediato), como também a resistência de união por cisalhamento entre essas resinas e entre as resinas de base e dentes artificiais. (AU)