Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema integrador de informações geoambientais para o litoral do estado de São Paulo com aplicação ao gerenciamento costeiro (SIIGAL)

Processo: 98/14277-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Vigência: 01 de novembro de 1999 - 31 de maio de 2005
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Celia Regina de Gouveia Souza
Beneficiário:Celia Regina de Gouveia Souza
Instituição-sede: Instituto Geológico. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Instituição parceira: Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado)
Assunto(s):Geologia ambiental  Gestão ambiental  Gerenciamento costeiro  Litoral  São Paulo (SP) 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_169_136_137.pdf

Resumo

O litoral de São Paulo caracteriza-se como uma região de grande importância socioeconômica, com forte solicitação para a implantação de empreendimentos imobiliários destinados ao turismo e o lazer, e atividades portuárias, industriais e de serviço e comércio essenciais, por exemplo, para a região metropolitana da baixada santista. O quadro de intensa degradação ambiental decorrente da falta de um ordenamento territorial e das diversas situações de risco imposta as populações que ocupam a zona costeira, apontam para a necessidade de um planejamento regional que permita minimizar os conflitos entre o desenvolvimento econômico e a preservação dos ecossistemas. Neste sentido, está sendo implementado o Plano Estadual de Gerenciamento Costeiro (Lei Estadual n° 10.019/98), que constituí o principal instrumento de planejamento e gestão ambiental para o litoral, e para o qual o Instituto Geológico - SMA vem dando suporte técnico. Visando tornar ainda mais efetiva e aplicada a utilização dos estudos sobre o meio físico que já vêm sendo realizados, o presente projeto pretende desenvolver um sistema integrador de informações geoambientais para o litoral de São Paulo (SIIGAL), através de uma parceria com órgãos da Secretaria do Meio Ambiente do estado de São Paulo (SMA). Esse sistema, inédito para o litoral paulista, será alimentado a partir de informações geológicas, geomorfológicas, geotécnicas, oceanográficas, hidroclimatológicas e de uso e ocupação do solo. Para o seu desenvolvimento serão desenvolvidas pesquisas básicas e aplicadas visando principalmente à elaboração de diagnósticos sobre as fragilidades geoambientais existentes. O método de estudo envolverá a compartimentação fisiográfica da zona costeira, a partir da qual serão definidas unidades que refletem a integração de diversos elementos geoambientais e de natureza antrópica. Cada compartimento compreenderá uma descrição sobre as informações geoambientais disponíveis, com ênfase à potencialidade de ocorrência de situações de risco a movimentos de massa, inundação e/ou erosão costeira. Finalmente, o projeto terá como meta a disponibilização dos resultados através da internet, como mecanismo de transferência de informações e subsídios a futuros projetos com parcerias no litoral paulista. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)