Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da terapia cognitivo-comportamental e exercícios versus programa de exercícios supervisionados em pacientes com dor lombar crônica não específica: estudo controlado aleatorizado

Processo: 12/16423-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2012 - 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Amélia Pasqual Marques
Beneficiário:Amélia Pasqual Marques
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Maurício Oliveira Magalhães
Bolsa(s) vinculada(s):12/24664-2 - Efeito da terapia cognitivo-comportamental e exercícios versus programa de exercícios supervisionados em pacientes com dor lombar crônica não específica: estudo controlado aleatorizado, BP.TT
Assunto(s):Dor lombar  Exercício físico  Terapia por exercício  Terapia cognitivo-comportamental  Ensaio clínico controlado aleatório 

Resumo

A dor lombar crônica não específica é um importante problema de saúde e de ordem socioeconômica responsável por um alto índice de absenteísmo no trabalho e redução do desempenho funcional. A prática de exercícios supervisionados e a terapia cognitivo-comportamental são um dos poucos tratamentos recomendados, pois apresentam resultados positivos na recuperação desse sintoma. Contudo, ainda há pouca evidencia da efetividade de um em relação ao outro. OBJETIVO: Comparar o efeito da terapia cognitivo-comportamental (atividade gradual) e exercícios versus programa de exercícios supervisionados em pacientes com dor lombar crônica não específica. MÉTODO: Sessenta e seis indivíduos serão distribuídos aleatoriamente em dois grupos: Grupo Terapia Comportamental - Atividade Gradual (AG) e Grupo Exercícios Supervisionados (ES). Os grupos serão tratados em duas sessões semanais com duração de aproximadamente uma hora, por seis semanas, totalizando 12 sessões. Os desfechos clínicos primários serão dor, avaliada com a escala numérica da dor e questionário McGill de dor e incapacidade avaliada com questionário de Incapacidade Roland Morris. Os desfechos secundários serão percepção global medida com escala da percepção do efeito global, qualidade de vida por meio do Short-Form Health Survey questionnaire (SF-36) e retorno ao trabalho. Os desfechos serão obtidos em avaliações inicial ao final e após, três e seis meses do término do tratamento. Os dados serão coletados por um examinador cego que também realizara a alocação dos pacientes nos grupos. ESTATÍSTICA Os testes estatísticos serão aplicados no software SigmaStat 3.5. Serão realizados os testes ANOVA de um fator (baseline), ANOVA de dois fatores (pós intervenção) e o teste de comparação múltipla Post-HOC de Tukey para os dados considerados normais. Para os dados não normais será aplicado o teste Wilcoxon Signed Rank Test. O nível de significância será de ±d 0,05.Palavras - Chave: Dor lombar, terapia por exercício, ensaio clínico (AU)