Busca avançada
Ano de início
Entree

Cosméticos para peles sensíveis com ativos de óleo de copaíba

Resumo

O principal objetivo da Empresa YAGO LASCANE neste projeto é o desenvolvimento de dermocosméticos baseados em frações ativas padronizadas do óleo de Copaíba de espécie de regiões georeferenciadas, assegurando suas propriedades em produtos para peles sensíveis. Nesta primeira fase do projeto (PIPE I), será realizada a caracterização fitoquímica de óleos de Copaifera de regiões bem definidas da Amazônia e suas frações ativas, relacionando-as com o estudo farmacológico, toxicológico agudo e de alergenicidade, garantindo segurança e eficácia. O óleo de Copaíba está entre as principais matérias-primas exportadas pela Amazônia, no entanto a árvore de Copaíba, apesar de protegida no estado do Amazonas, ainda é usada no comércio madeireiro clandestinamente. Ao utilizar o óleo de Copaíba em cosméticos, a empresa estará agregando valor a matéria prima natural, desenvolvendo produtos inovadores, baseados no desenvolvimento sustentável e na preservação do meio ambiente. Agregar valor ao óleo de Copaíba representa utilizar recursos naturais, em produtos inovadores, servindo de base para o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente. Há enorme falta de controle de qualidade na cadeia produtiva da coleta até comercialização do óleo de Copaíba. A origem dos óleos é raramente descrita nos fito cosméticos encontrados em farmácias, drogarias e ervanários, constituindo um caso sério de vigilância sanitária, já que muitas vezes óleos de Copaíba são adulterados com óleos vegetais e até contaminados por hidrocarbonetos derivados do petróleo. Sem controle de qualidade não há como garantir as propriedades dos produtos cosméticos. A empresa YAGO LASCANE mobilizou uma equipe multidisciplinar para garantir que o óleo de Copaíba seja utilizado com certificação de origem e rigoroso controle de qualidade químico e biológico. Reuniu para tanto uma equipe de Químicos, Biólogos, Farmacêuticos e Médicos que permitirão alcançar os objetivos propostos. O óleo será fornecido por Comunidade da Amazônia, onde um dos seus consultores mantém projetos, garantindo a sustentabilidade e gerando benefícios à comunidade. Cosméticos para peles sensíveis no Brasil, indicados por médicos dermatologistas, ou são importados ou são formulações galênicas que também utilizam matérias primas importadas A segurança e eficácia da fração ativa do óleo de Copaíba, determinada no PIPE I será empregada na segunda fase (PIPE II) para o desenvolvimento de dermocosméticos, mantendo as mesmas propriedades e levando a um impacto no mercado brasileiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)