Busca avançada
Ano de início
Entree

Filogenia de Pilosocereus (Cactaceae) e delimitação de espécies no grupo Pilosocereus aurisetus baseado em modelos de coalescência e dados multiloco

Processo: 15/06160-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Evandro Marsola de Moraes
Beneficiário:Evandro Marsola de Moraes
Instituição-sede: Centro de Ciências Humanas e Biológicas (CCHB). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Pesq. associados: Daniela Cristina Zappi ; Isabel Aparecida da Silva Bonatelli ; Manolo Fernandez Perez
Assunto(s):Genética populacional  Diversidade genética  Filogeografia  Filogenia  Marcador molecular  Sequenciamento de nova geração  Pilosocereus 

Resumo

O recente desenvolvimento de novos métodos probabilísticos baseados no modelo coalescente de multiespécies tem possibilitado o teste de hipóteses sobre a delimitação de espécies mesmo em grupos que se originaram recentemente, com tênue distinção morfológica entre as linhagens e complexa variação geográfica entre populações. Entre os gêneros de Cactaceae mais diversos no Brasil, Pilosocereus abriga 41 espécies reconhecidas e é subdividido em cinco grupos taxonômicos informais com base em agrupamentos morfológicos e geográficos. Entre esses grupos, P. aurisetus abriga oito espécies restritas aos enclaves de campos rupestres no centro e leste do Brasil que mostram uma intrincada história filogeográfica com diversificação recente, presença de linhagens crípticas e uma taxonomia de difícil tratamento formal. A partir de uma base de dados obtidos por sequenciamento massivo de segmentos associados a sítios de restrição (Rad-Seq) em uma amostra inter e intraespecífica no grupo P. aurisetus, nós desenvolvemos e validamos in silico e in vitro uma série de locos nucleares anônimos e de microssatélites úteis para estudos filogenéticos e filogeográficos no gênero Pilosocereus. Na presente proposta nós utilizaremos esses marcadores para: 1) investigar as relações filogenéticas e a composição de espécies nos grupos taxonômicos informais do gênero Pilosocereus; 2) utilizar uma abordagem coalescente de delimitação de espécie para investigar a diversidade taxonômica na linhagem filogenética relacionada com o grupo P. aurisetus. Os resultados desse estudo serão utilizados para fazer recomendações explícitas para tratamentos taxonômicos formais que certamente serão necessários para alcançar um arranjo taxonômico que reflita acuradamente a diversidade do grupo de espécies estudado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREZ, MANOLO F.; FRANCO, FERNANDO F.; BOMBONATO, JULIANA R.; BONATELLI, ISABEL A. S.; KHAN, GULZAR; ROMEIRO-BRITO, MONIQUE; FEGIES, ANA C.; RIBEIRO, PAULIANNY M.; SILVA, GISLAINE A. R.; MORAES, EVANDRO M. Assessing population structure in the face of isolation by distance: Are we neglecting the problem?. DIVERSITY AND DISTRIBUTIONS, v. 24, n. 12, p. 1883-1889, DEC 2018. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.