Busca avançada
Ano de início
Entree

Explorando informação quântica com átomos, cristais e chips

Processo: 15/18834-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Marcelo Martinelli
Beneficiário:Marcelo Martinelli
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Paulo Alberto Nussenzveig
Auxílios(s) vinculado(s):16/50468-7 - Nanophotonics for quantum computing and precision measurements, AP.R
Bolsa(s) vinculada(s):18/03155-9 - Implementação da tecnologia de mistura de quatro ondas em redes de emaranhamento, magnetometria e para explorar a termodinâmica quântica, BP.PD
17/27096-9 - Convertendo estados quânticos do campo para a banda c de telecomunicações pelo teletransporte, BP.MS
17/27216-4 - Investigando o comportamento quântico do campo no limiar do oscilador paramétrico ótico, BP.DR
16/04110-3 - Gerando emaranhamento entre átomos e microcavidades, BP.IC
14/27223-2 - Controle de informação quântica com variáveis contínuas de feixes de luz, BP.PD
Assunto(s):Teletransporte  Fotônica  Informação quântica  Emaranhamento quântico  Óptica quântica  Osciladores paramétricos ópticos 

Resumo

Estudos de informação quântica com variáveis discretas ou contínuas do campo eletromagnético implicam na geração e manipulação de estados quânticos da luz, além de seu armazenamento em interfaces materiais, permitindo eventualmente o processamento de informação usando os princípios da mecânica quântica. O objetivo final é ganho de eficiência de processamento, resolvendo problemas matematicamente intratáveis por manipulação clássica da informação. Propomos a continuidade de nossos trabalhos envolvendo a geração sintonizável de luz emaranhada em diferentes faixas do espectro eletromagnético através de osciladores paramétricos óticos baseados em cristais, e sua aplicação em interfaces entre átomos e chips de silício (Si) ou nitreto de silício (SiN). Meios atômicos permitem o armazenamento de informação, enquanto novas técnicas empregando osciladores paramétricos integráveis em circuitos óticos construídos com técnicas litográficas permitem escalabilidade em sistemas quânticos. Visamos assim a integração de diferentes funcionalidades para a realização de operações lógicas de forma escalável em nível quântico. Contamos para isso com nossa experiência em geração de estados emaranhados da luz, e manipulação de meios atômicos. Estamos expandindo nossas instalações visando a manipulação destes estados em chips de silício produzidos em colaboração com grupos no exterior (M. Lipson e A. Gaeta, U. Cornell), ao mesmo tempo que analisamos novas fontes de luz através de processo de mistura de quatro ondas em meios atômicos, em colaboração com A. Marino (U. Oklahoma), e a análise de estados cluster em colaboração com N. Treps (LKB/ENS) e O. Pfister (U. Virginia). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Experimento obtém emaranhamento de seis ondas luminosas com um único laser 
Efeito quântico possibilita codificar mais informações em microchip  
Lançando Luz sobre a Mecânica Quântica 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.