Busca avançada
Ano de início
Entree

Molecular mechanisms including micro RNA regulation of abiotic and biotic stress tolerance in sugarcane

Processo: 15/50451-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2016 - 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Convênio/Acordo: Texas Tech University
Pesquisador responsável:Sonia Marli Zingaretti
Beneficiário:Sonia Marli Zingaretti
Pesq. responsável no exterior: Kameswara Rao Kottapalli
Instituição no exterior: Texas Tech University (TTU), Estados Unidos
Instituição-sede: Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Campus Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/19667-8 - Análise da expressão de miRNAs em cana-de-açúcar submetida a estresses biótico e abiótico, AP.R
Assunto(s):Cana-de-açúcar  Análise molecular  Doenças de plantas  Xanthomonas  Expressão gênica  Análise de sequência de DNA  MicroRNAs  Resistência genética vegetal  Projetos SPRINT 

Resumo

A cana-de-açúcar é uma das principais culturas da agroindústria brasileira e mundial, ocasionando aumento da área cultivada em diferentes solos e condições climáticas. Um dos problemas enfrentados é a presença de moléculas tóxicas no solo, coo o alumínio (Al3+), que interferem no desenvolvimento das raízes e reduzem a produtividade. Além dos fatores abióticos como toxidez, deficiência hídrica e temperatura que comprometem a produtividade, ela também é afetada por fatores bióticos como a incidência de doenças. A doença "escaldadura das folhas", causada pela bactéria gram-negativa Xanthomonas albilineans, é uma das principais que atingem a cultura. Os sintomas na fase crônica se caracterizam pelo aparecimento de uma faixa branca ao lado da nervura central da folha, que evolui para totalmente queimada. O desenvolvimento de cultivares tolerantes é a melhor opção no controle da doença, tolerância e sensibilidade e fatores bióticos e abióticos estão relacionadas com a expressão de genes que junto com os miRNA tem se mostrado importantes reguladores em vários mecanismos de resposta aos diferentes estresses. O objetivo deste projeto é validar e analisar a expressão de microRNAs e seus genes alvo em resposta aos fatores bióticos e abióticos. Realizaremos sequenciamento de ambos RNAs (mensageiros e microRNAs), para identificar os genes alvos e seus miRNAs regulatórios. A análise dos dados pode promover um melhor entendimento dos mecanismos envolvidos na tolerância e/ou sensibilidade ao estresse. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Microagulhas podem aumentar a eficácia de anestesia tópica odontológica 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.