Busca avançada
Ano de início
Entree

Como bactérias coordenam a biogênese de membranas com o crescimento e a divisão celular?

Processo: 16/05203-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Frederico José Gueiros Filho
Beneficiário:Frederico José Gueiros Filho
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Fosfolipídeos 

Resumo

Um aspecto crucial porém pouco reconhecido do crescimento e sobrevivência celular é a necessidade de que a biosíntese de suas macromoléculas constituintes seja precisamente coordenada. No caso de bactérias, isso significa produzir quantidades adequadas de quatro classes de macromoléculas: ácidos nucléicos, proteínas, lipídeos e os polissacarídeos que constituem a parede celular. A base molecular dessa coordenação é conhecida em alguns casos. Em outros, ela ainda é um mistério. Neste projeto propomos investigar como bactérias Gram positivas coordenam a síntese de lipídeos e membranas com suas outras atividades biossintéticas, e em resposta às condições ambientais e aos diferentes eventos do ciclo celular. Planejamos focar em dois aspectos: 1) o papel da enzima PlsX no acoplamento da síntese de ácidos graxos e fosfolipídeos, e 2) o papel do nucleotídeo sinalizador ppGpp na coordenação entre síntese de lipídeos e crescimento celular. Para atingir estes objetivos, aplicaremos técnicas modernas de microscopia de fluorescência, genética microbiana e bioquímica para determinar como PlsX se associa com a membrana celular e como esta associação afeta sua atividade enzimática e sua regulação. Uma gama de abordagens igualmente ampla será utilizada para estudar como que a carência de lipídeos ativa RelA, a sintetase produtora de ppGpp, e como este nucleotídeo contribui para a manutenção da viabilidade celular quando a síntese de lipídeos está bloqueada. Finalmente, desenvolveremos ensaios para a triagem de pequenas moléculas capazes de inibir PlsX e RelA. Como o correto controle da síntese de lipídeos é essencial para viabilidade, as descobertas deste projeto poderão levar a identificação de novos candidatos a antibióticos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Revelado o mecanismo de ação bactericida da violaceína 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias:
Revelado el mecanismo de acción bactericida de la violaceína 
Bactericidal action of violacein revealed 
Bactericidal action of violacein revealed 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAUZ, ANA C. G.; CARRETERO, GUSTAVO P. B.; SARAIVA, GREICE K. V.; PARK, PETER; MORTARA, LAURA; CUCCOVIA, IOLANDA M.; BROCCHI, MARCELO; GUEIROS-FILHO, FREDERICO J. Violacein Targets the Cytoplasmic Membrane of Bacteria. ACS INFECTIOUS DISEASES, v. 5, n. 4, p. 539-549, APR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.