Busca avançada
Ano de início
Entree

Implantação de nova linha de aproveitamento integral da mistura palha/bagaço de cana-de-açúcar via conversão termoquímica e química

Processo: 16/23209-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Kelly Johana Dussán Medina
Beneficiário:Kelly Johana Dussán Medina
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Pesq. associados: Carlos Ariel Cardona Alzate ; Maria Angélica Martins Costa
Assunto(s):Energia  Bagaço de cana-de-açúcar  Palhas  Biomassa  Biorrefinarias  Termoquímica 

Resumo

O desenvolvimento tecnológico do setor sucroalcooleiro impulsiona, a curto e médio prazos, o aproveitamento tanto do bagaço quanto da palha gerados na produção de açúcar e álcool. Melhorias nos sistemas de cogeração de energia, fermentação e purificação dos bioprodutos tornam-se mais viáveis e são promissoras alternativas para aumentar a produção de etanol. Atualmente a maior parte do bagaço de cana tem sido aproveitada na geração de energia, porém, a inclusão da palha nesta cadeia produtiva se apresenta como opção de matéria-prima que poderá resultar em um ganho adicional tanto na produção de energia quanto de bioprodutos e está utilização de biomassas lignocelulósicas na produção de bioprodutos como o etanol celulósico e o furfural certamente ampliara o portfólio deste sector. Mesmo com todos os avanços já alcançados, os desafios são enormes, existindo, sem dúvida, melhorias a serem realizadas ao longo de toda sua cadeia de produção. Frente a estas considerações este projeto tem como principal objetivo a inclusão da palha junto com o bagaço de cana-de-açúcar como uma matéria-prima para a cogeração de energia e a produção de furfural avaliando-se técnico, econômico e ambientalmente estes processos que estão ligados ao atual conceito de biorrefinaria. Com o desenvolvimento deste projeto serão gerados dois cenários de aproveitamento integral desta biomassa (produção de energia e furfural), otimizando os diferentes parâmetros operacionais que influenciam a produtividade em produto (energia e/ou furfural) além de avaliar o impacto ambiental e a viabilidade econômica dos dois cenários propostos. Destaca-se que com o desenvolvimento deste projeto pretende-se a inserção de uma nova linha de pesquisa no Departamento de Bioquímica e Tecnologia Química do IQ da UNESP-Araraquara para ampliação de estudos do aproveitamento integral de biomassas lignocelulósica utilizando o conceito de Biorrefinaria. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.