Busca avançada
Ano de início
Entree

Um modelo parametrizado para redes multirrobô auto-organizadas

Processo: 17/02055-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2017 - 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Costa Ribeiro
Beneficiário:Carlos Henrique Costa Ribeiro
Instituição-sede: Divisão de Ciência da Computação (IEC). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Inteligência artificial  Robótica  Robôs  Sistemas multirrobôs  Redes ad hoc  Conectividade 

Resumo

A disponibilidade de dispositivos robóticos robustos e com baixo consumo de energia impulsiona o seu uso em diversas aplicações, algumas das quais impraticáveis num passado recente, devido a restrições do ambiente ou por apresentarem riscos aos seres humanos. Atualmente, robôs podem apoiar atividades de busca e resgate, exploração, vigilância e reconhecimento, ou fornecer infraestrutura de comunicação a clientes em locais onde não há infraestrutura de rede. Em geral, essas aplicações exigem trabalho eficiente e multi objetivo em equipe. Este projeto tem como objetivo global projetar e testar, em diferentes cenários, um modelo distribuído para o controle de robôs, levando em consideração a execução de tarefas com objetivos distintos, dependentes do domínio da aplicação. Como ponto de partida, nosso grupo de pesquisa já desenvolveu técnicas que combinam manutenção de conectividade e mitigação de falhas considerando equipes de robôs móveis. Estas duas características são especialmente importantes para domínios que demandam a criação ad hoc de redes de comunicação e, ao mesmo tempo, enfrentam possíveis falhas de robôs que podem levar a fragmentação da rede e, desta forma, penalizar a realização de tarefas que dependem de colaboração. O novo modelo se propõe a estender o modelo atual de forma que o mesmo possa ser aplicado a diferentes domínios. Além disso,mecanismos que consideram a otimização da área de cobertura da rede de comunicação e o problema de stealth para UAV serão adicionados ao modelo. O modelo resultante será formalizado em relação aos limites de convergência e de desempenho, e análise de escalabilidade. A validação do modelo geral será realizada através de ambientes de simulação e,especificamente, no caso de cobertura em um ambiente de robôs reais. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.