Busca avançada
Ano de início
Entree

Sustainable citrus waste biorefining as a source of value added bioproducts

Processo: 17/50303-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2018 - 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Convênio/Acordo: University of Manchester
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Valéria de Carvalho Santos Ebinuma
Beneficiário:Valéria de Carvalho Santos Ebinuma
Pesq. responsável no exterior: James Winterburn
Instituição no exterior: University of Manchester, Inglaterra
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Biorrefinarias  Resíduos agroindustriais  Aproveitamento de subprodutos  Fermentação  Cooperação internacional 

Resumo

O principal desafio que limita o maior emprego de produtos de origem biotecnológica produzidos por fermentação microbiana, como alternativa aqueles derivados do petróleo, é o custo de sua produção. Grande parte dos custos diretos relacionados com este bioprocesso é o valor dos substratos empregados. Assim, este projeto visa criar uma alternativa para o desenvolvimento de biorefinarias projetadas para retirar açúcar (fonte de carbono) e nutrientes de resíduos e sub-produtos, os quais serão usados como substratos para gerar biomoléculas de alto valor agregado. Um dos resíduos agroindustriais de uso ineficiente são os provenientes da indústria cítrica, predominantemente, os resíduos do processo de produção de suco de laranja. Neste processo, aproximadamente, 50% da massa de laranja processada é descartada como resíduo, ou incinerada para geração de energia. O resíduo deste processo é rico em açúcar. As cascas de laranja, por exemplo, podem ser usadas como substrato de baixo custo para obtenção de biomoléculas. O principal objetivo desta proposta conjunta é desenvolver uma biorefinaria para reuso de resíduos da indústria cítrica a partir da projeção de um processo para obter um meio de fermentação rico em açúcar para a produção de biocolorantes usando Talaromyces amestolkiae e biopolímeros empregando Cupriavidus necator H16. Paralelamente ao desenvolvimento do bioprocesso, os impactos ambientais e econômicos de uma biorefinaria serão avaliados ao longo do "ciclo de vida" do processo. Esta proposta pretende apoiar o projeto Jovem Pesquisador FAPESP n° 2014/01580-3, intitulado "Processo biotecnológico visando o desenvolvimento de novos colorantes naturais microbianos para aplicação industrial", o qual é coordenado pela Dra. Valéria de Carvalho Santos Ebinuma. Ademais, esta colaboração irá apoiar a formação de uma rede mais abrangente de investigação de alta excelência em biorefinaria reunindo o conhecimento do Brasil (onde o processo de produção de bioetanol a partir de cana de açúcar é bem estabelecido) e da Inglaterra, promovendo a valorização de resíduos agroindustriais, incluindo subprodutos da indústria cítrica, através de sua transformação em produtos de valor agregado. Além disso, a formação desta colaboração permitirá a troca de conhecimentos e fornecerá as bases para outros futuros projetos em colaboração. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MUSSAGY, CASSAMO USSEMANE; WINTERBURN, JAMES; SANTOS-EBINUMA, VALERIA CARVALHO; BRANDAO PEREIRA, JORGE FERNANDO. Production and extraction of carotenoids produced by microorganisms. Applied Microbiology and Biotechnology, v. 103, n. 3, p. 1095-1114, FEB 2019. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.