Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento fisico e genetico do peixe neotropical prochilodus argenteus agassiz,1829(pisces,prochilodontidae)utilizando marcadores microssatelites e rapd.

Processo: 05/50129-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de abril de 2005
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Terumi Hatanaka
Beneficiário:Terumi Hatanaka
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/09772-7 - Mapeamento físico e genético do peixe neotropical Prochilodus argenteus Agassiz, 1829 (Pisces, Prochilodontidae) utilizando marcadores microssatélites e RAPD, AP.JP
Assunto(s):Citogenética   Peixes   Piscicultura   Marcador molecular

Resumo

Os Prochilodontidae são considerados peixes de grande importância na pesca artesanal do Brasil, apresentando posição de destaque na produção pesqueira do país. Recentes avanços na biologia molecular têm contribuído de maneira bastante significativa na caracterização dos genomas de uma maneira em geral. Estudos genômicos em peixes podem possibilitar um melhor entendimento da enorme diversidade, facilitando análises mais detalhadas dos padrões de segregação Mendeliana de segmentos cromossômicos ou ocorrência de rearranjos cromossômicos e uma melhor compreensão da evolução. No entanto, poucos são os estudos realizados neste sentido em peixes neotropicais. Assim, o presente trabalho visa em um primeiro momento, construir os mapas físico e genético de Prochilodus argenteus, uma espécie endêmica da Bacia do Rio São Francisco, utilizando marcadores microssatélites e RAPD (Polimorfismo de DNA Amplificado ao Acaso). Os mapas genéticos serão construídos usando basicamente os softwares GQMOL e MAPMAKER/EXP, visando a implantação de diferentes análises no laboratório. Subseqüentemente, será realizada a localização física dos marcadores nos cromossomos, através da técnica de FISH (Hibridização in situ fluorescente). Desta forma, os resultados do presente projeto poderão subsidiar estudos de identificação de genes de interesse econômico. Além disso, serão disponibilizados marcadores para análises da diversidade genética neste grupo de peixes de grande destaque na piscicultura e na pesca artesanal do país. (AU)