Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de modelos estatísticos considerando a incerteza da paternidade

Processo: 06/58896-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Lucia Galvão de Albuquerque
Beneficiário:Luciana Shiotsuki
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Inferência bayesiana   Avaliação genética   Bovinos de corte

Resumo

O sistema de acasalamento mais empregado na pecuária de corte extensiva é a monta a campo, com o uso de reprodutores múltiplos. Este sistema não permite a identificação da paternidade das crias, impossibilitando a comparação do desempenho reprodutivo e produtivo dos touros, influenciando avaliações genéticas, acurácias e a intensidade de seleção. Portanto, o objetivo será comparar metodologias estatísticas que consideram o uso de touros múltiplos na avaliação genética e propor uma implementação do modelo proposto por Cardoso e Tempelman (2003). Serão aplicados diferentes procedimentos estatísticos, que consideram dados de animais com paternidade incerta na estimação de parâmetros e valores genéticos; comparar os valores estimados dos componentes de (co) variâncias genéticas e dos valores genéticos; verificar a correlação serial entre as estimativas dos valores genéticos dos animais obtidos nos diferentes procedimentos estatísticos; e propor uma aproximação do modelo hierárquico Bayesiano, usando procedimentos Bayesianos empíricos e máxima verossimilhança. Serão analisados 52.053 registros de ganhos de pesos pós-desmama e peso ao sobreano, mensurados em animais Nelore. Neste trabalho serão utilizados os seguintes modelos que consideram a incerteza nas atribuições de paternidade de animais; o modelo misto utilizando grupos genéticos para os animais com pedigree incompleto; o modelo linear misto baseado na matriz média de parentesco e o modelo hierárquico Bayesiano. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SHIOTSUKI, L.; CARDOSO, F. F.; ALBUQUERQUE, L. G. Method for the estimation of genetic merit of animals with uncertain paternity under Bayesian inference. JOURNAL OF ANIMAL BREEDING AND GENETICS, v. 135, n. 2, p. 116-123, APR 2018. Citações Web of Science: 0.
SHIOTSUKI, L.; CARDOSO, F. F.; SILVA, J. A. H. V.; ALBUQUERQUE, L. G. Comparison of a genetic group and unknown paternity models for growth traits in Nellore cattle. JOURNAL OF ANIMAL SCIENCE, v. 91, n. 11, p. 5135-5143, NOV 2013. Citações Web of Science: 3.
SHIOTSUKI, L.; CARDOSO, F. F.; SILVA, J. A. IL. V.; ROSA, G. J. M.; ALBUQUERQUE, L. G. Evaluation of an average numerator relationship matrix model and a Bayesian hierarchical model for growth traits in Nellore cattle with uncertain paternity. LIVESTOCK SCIENCE, v. 144, n. 1-2, p. 89-95, MAR 2012. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SHIOTSUKI, Luciana. Avaliação de modelos estatísticos considerando a incerteza da paternidade. 2011. 85 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.