Busca avançada
Ano de início
Entree

Status taxonômico e biológico de duas espécies do gênero Hippolyte Leach, 1814 (Decapoda: Hippolytidae) no Atlântico americano

Processo: 06/61771-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Fernando Luis Medina Mantelatto
Beneficiário:Mariana Terossi Rodrigues Mariano
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Camarão   Crustacea   Reprodução animal   Zoologia (classificação)   Análise molecular

Resumo

Há muitas confusões na literatura quanto aos aspectos taxonômicos das espécies de camarão do gênero Hippolyte, e um destes exemplos é o status taxonômico de Hippolyte obliquimanus (Dana, 1852) e Hippolyte curacaoensis (Schmitt, 1924), cuja literatura reúne indícios de uma possível sinonímia entre estas duas espécies, baseados em dados morfológicos. Desta forma o objetivo do presente trabalho é testar a hipótese de tal sinonímia entre espécimes de H. obliquimanus do Brasil e de H. curacaoensis da Costa Rica baseando-se em dados moleculares e morfológicos de adultos e das larvas Zoea L. Adicionalmente pretende-se estudar a possível variação latitudinal quanto às estratégias reprodutivas de tais espécies. Serão realizadas coletas de H. obliquimanus em Ubatuba (Brasil) e de H. curacaoensis em Cauita (Costa Rica). Para o estudo taxonômico serão realizadas medidas e observações na morfologia de adultos e das larvas Zoea L. das duas espécies, com descrição inédita das larvas Zoea L. Quanto à análise molecular serão utilizados os genes mitocondriais 16S rRNA e citocromo oxidase b, para verificar a possível sinonímia entre as duas espécies estudadas e para verificar a ocorrência de variações interpopulacionais dentro da espécie, respectivamente. Para o estudo dos aspectos reprodutivos será analisada a fecundidade, o volume dos ovos, a perda de ovos e a taxa de investimento reprodutivo. (AU)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEROSSI, MARIANA; TUDGE, CHRISTOPHER; LOPEZ GRECO, LAURA S.; MANTELATTO, FERNANDO L. A novel spermatozoan ultrastructure in the shrimp Hippolyte obliquimanus Dana, 1852 (Decapoda: Caridea: Hippolytidae). INVERTEBRATE REPRODUCTION & DEVELOPMENT, v. 56, n. 4, p. 299-304, DEC 2012. Citações Web of Science: 7.
TEROSSI, MARIANA; MANTELATTO, FERNANDO L. ARW. MORPHOLOGICAL AND GENETIC VARIABILITY IN HIPPOLYTE OBLIQUIMANUS DANA, 1852 (DECAPODA, CARIDEA, HIPPOLYTIDAE) FROM BRAZIL AND THE CARIBBEAN SEA. CRUSTACEANA, v. 85, n. 6, p. 685-712, MAY 2012. Citações Web of Science: 23.
TEROSSI, MARIANA; TORATI, LUCAS S.; MIRANDA, IVANA; SCELZO, MARCELO A.; MANTELATTO, FERNANDO L. Comparative reproductive biology of two southwestern Atlantic populations of the hermit crab Pagurus exilis (Crustacea: Anomura: Paguridae). MARINE ECOLOGY-AN EVOLUTIONARY PERSPECTIVE, v. 31, n. 4, p. 584-591, DEC 2010. Citações Web of Science: 19.
TEROSSI, MARIANA; WEHRTMANN, INGO S.; MANTELATTO, FERNANDO L. INTERPOPULATION COMPARISON OF REPRODUCTION OF THE ATLANTIC SHRIMP HIPPOLYTE OBLIQUIMANUS (CARIDEA: HIPPOLYTIDAE). JOURNAL OF CRUSTACEAN BIOLOGY, v. 30, n. 4, p. 571-579, NOV 2010. Citações Web of Science: 37.
TEROSSI, MARIANA; CUESTA, JOSE A.; WEHRTMANN, INGO S.; MANTELATTO, FERNANDO L. Revision of the larval morphology (Zoea I) of the family Hippolytidae (Decapoda, Caridea), with a description of the first stage of the shrimp Hippolyte obliquimanus Dana, 1852. Zootaxa, n. 2624, p. 49-66, SEP 24 2010. Citações Web of Science: 12.
TEROSSI, MARIANA; MANTELATTO, FERNANDO L. Sexual ratio, reproductive period and seasonal variation of the gonochoric shrimp Hippolyte obliquimanus (Caridea: Hippolytidae). MARINE BIOLOGY RESEARCH, v. 6, n. 2, p. 213-219, 2010. Citações Web of Science: 20.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.