Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade e estrutura de taxocenoses de anfíbios em uma paisagem fragmentada no Centro-Oeste Paulista

Processo: 08/02476-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Denise de Cerqueira Rossa-Feres
Beneficiário:Ricardo Augusto Brassaloti
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia de comunidades   Diversidade   Fragmentação   Floresta estacional semidecidual

Resumo

Quando uma fitofisionomia contínua é fragmentada, o número e a composição de espécies, que existiam originalmente em equilíbrio dinâmico, são alterados devido à perda de hábitat. Atividades antropogênicas como agricultura, silvicultura e desenvolvimento urbano são predominantes no estado de São Paulo e estão entre as maiores ameaças à diversidade biológica. Diante de tal panorama, estudos que forneçam informações sobre a dinâmica de populações animais em remanescentes florestais e sua comparação com outros tipos de formações florestais, como silviculturas de eucalipto, tornam-se indispensáveis à compreensão dos efeitos da fragmentação nas populações residentes. Essas informações são imprescindíveis para avaliações sobre o estado de conservação de populações e taxocenoses e ainda para fornecer parâmetros de manejo para manutenção de populações viáveis em uma determinada região. Este estudo tem como objetivo verificar a influência de fragmentos de Floresta Estacional Semidecidual e de áreas de cultivos de eucalipto sobre a estrutura de taxocenoses de anuros terrestres no interior desses hábitats e em corpos d'água do entorno desses fragmentos. A área de estudo compreende um raio de 60 km da Estação Ecológica dos Caetetus (EEC), situada na região centro-oeste do estado de São Paulo (22º24'S, 49º42'W) e abrangendo quatro importantes bacias hidrográficas (Médio Paranapanema, Tiête-Batalha, Peixe, Aguapeí). Esta região é caracterizada pelo avançado processo de fragmentação e por uma matriz dominada por culturas agrícolas diversas, pastagens e silvicultura. Os dados serão coletados mensalmente por, pelo menos, 12 meses, com duas metodologias: amostragem em sítios de reprodução e armadilhas de interceptação e queda. Serão selecionados três fragmentos de Floresta Estacional Semidecídua e três cultivos de eucalipto com áreas comparáveis, além da própria EEC, que servirá como base para comparações. Será testada a influência do tipo de vegetação do fragmento sobre a riqueza e a abundância de anuros, tanto nas agregações reprodutivas observadas no entorno como para as espécies encontradas no interior do fragmento

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RICARDO AUGUSTO BRASSALOTI; DENISE DE CERQUEIRA ROSSA-FERES; JAIME BERTOLUCI. Anurofauna da Floresta Estacional Semidecidual da Estação Ecológica dos Caetetus, Sudeste do Brasil. Biota Neotropica, v. 10, n. 1, p. 275-291, Mar. 2010.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BRASSALOTI, Ricardo Augusto. Diversidade e estrutura de taxocenoses de anfíbios anuros em uma paisagem fragmentada no centro-oeste paulista. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.