Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade, estimativas de parâmetros genéticos e seleção de genótipos elite de macaúba (Acrocomia aculeata)

Processo: 09/14720-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Carlos Augusto Colombo
Beneficiário:Luiz Henrique Chorfi Berton
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Agricultura familiar   Biodiesel   Sustentabilidade

Resumo

Existe um enorme descompasso entre a oferta e a necessidade de biodiesel que, de acordo com estimativas oficiais, é da ordem de 800 milhões de litros anuais. Nesse sentido, o grande desafio é conciliar a expansão de áreas de cana-de-açúcar, oleaginosas e essências florestais com uma ocupação ordenada e sustentável do espaço agrícola, com vistas a atender à demanda por biodiesel, que deverá ser crescente. Dentro as espécies florestais destinadas a produzir biodiesel, as palmeiras, nativas e exóticas, tem um amplo potencial de utilização, com especial destaque para a macaúba (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lood. ex Mart.), uma palmeira nativa, monocaule, de ocorrência espontânea em nas áreas tropicais e subtropicais das Américas, desde o sul do México até o sul do Brasil e, portanto, em quase todo território brasileiro, historicamente explorada por populações de baixa renda, cujas qualidades a tornam importante do ponto de vista natural, ecológico e principalmente sócio-econômico. De acordo com estimativas não oficiais, pode produzir 4 mil litros de óleo por hectare/ano. A título de comparação, a soja produz 420 litros, o girassol 890 litros e a mamona 1320 litros de óleo por hectare/ano. Contudo, tendo em vista a exploração comercial futura com critérios agronômicos mais competitivos, poucos são os estudos com a macaúba visando analisar o seu potencial genético para fins de melhoramento. O presente projeto tem como objetivo a coleta e avaliação de populações naturais de macaúba de ocorrência espontânea no Estado de São Paulo visando caracterizar geneticamente o potencial de produção e o rendimento e composição do óleo da palmeira para utilização da planta em escala comercial na cadeia produtiva de biodiesel. Além disso, a diversidade genética da espécie será analisada por meio de marcadores moleculares microssatélites desenvolvidos em nossos laboratórios. Os dados de diversidade genética, juntamente aqueles de botânica, de composição e rendimento de óleo serão utilizados para selecionar plantas matrizes para formação de germoplasma e de uma coleção de trabalho visando ao melhoramento genético da espécie, onde serão inicialmente estimados parâmetros genéticos baseados em progênies de meios-irmãos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.