Busca avançada
Ano de início
Entree

Secagem de phb - polimero biodegradavel obtido a partir da cana-de-acucar - em leito fluidizado pulsado rotativo com aplicacao de microondas

Processo: 09/54578-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 18 de maio de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Sandra Cristina dos Santos Rocha
Beneficiário:Gabriela Silveira da Rosa
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Micro-ondas   Leito fluidificado   Secagem

Resumo

O poli-hidroxibutirato (PHB) é um plástico biodegradável, biossintetizado por bactérias, no Brasil a partir de açúcar de cana. Se decompõe na natureza com facilidade (em torno de 1 ano) e podem ser aplicados na fabricação de embalagens, brinquedos, fios de sutura, próteses ósseas e cápsulas com liberação controlada. O processo de secagem do PHB é muito importante para sua cadeia produtiva, devendo garantir umidade inferior a 0,5 %. Os resultados até agora apresentados na literatura para a secagem do PHB em leito fluidizado pulsado rotativo (LFPR) mostraram que é possível atingir a umidade necessária, porém, um elevado tempo é despendido, pois a secagem ocorre predominantemente em período de taxa decrescente, com taxas quase nulas no período final, o que dificulta a retirada de umidade do material. A motivação do uso das microondas em várias pesquisas vem surgindo a fim de minimizar o problema de baixa eficiência na retirada da umidade no período decrescente. Assim, o estudo da secagem combinando diferentes secadores torna-se muito importante, pois pode reduzir consideravelmente o tempo de secagem, com conseqüente aumento de produção e redução do consumo energético. O objetivo deste projeto é estudar o desempenho da secagem do biopolímero poli-hidroxibutirato (PHB) em LFPR assistido às microondas, visando à obtenção de baixos níveis de conteúdo de umidade através de técnicas modernas e inovadoras para material de alto interesse comercial. Um LFPR será construído em vidro de borosilicato (transparente às microondas) e envolvido por uma cavidade multi-modo de microondas de geometria de seção sextavada, que permite a distribuição homogênea das ondas. Será avaliada a influência das condições operacionais na secagem e na qualidade do produto obtido. A cinética de secagem será determinada a fim de identificar a evaporação preferencial de água ou de solvente presente no material, em função das permissividades dielétricas relativas da água e do solvente nas condições da secagem. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROSA, Gabriela Silveira da. Secagem de PHB - polímero biodegradável obtido da cana-de-açúcar - em leito fluidizado pulsado rotativo com aplicação de micro-ondas. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.