Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da postura corporal estática de mulheres com migrânea com e sem de disfunção temporomandibular

Processo: 10/15034-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 31 de maio de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Thaís Cristina Chaves
Beneficiário:Mariana Cândido Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fotografia   Mulheres   Disfunção temporomandibular   Enxaqueca sem aura

Resumo

A migranea se caracteriza como uma cefaléia idiopática crônica com subclassificações. Há relatos na literatura sobre associações entre Migranea e Disfunção Temporomandibular (DTM), bem como poucos relatos entre migranea e alterações posturais. Entretanto, não foram verificados na literatura consultada estudos que tenham verificado diferenças na presença de alterações posturais entre pacientes com migranea, com e sem DTM. O objetivo deste trabalho será avaliar a presença de alterações posturais através de registros fotográficos digitais posturais estáticos em mulheres com Migranea com e sem DTM. Serão avaliados três grupos de pacientes com idades entre 18 e 50 anos, cada grupo com 22 integrantes cada e estes serão compostos de pacientes com migranea e DTM, pacientes com migranea e sem DTM e um grupo controle de pacientes não migranosos e sem DTM. Os pacientes com migranea serão diagnosticados segundo os critérios da International Classification of Headache Disorders (IHS, 2004), e para a presença de DTM segundo os critérios o eixo I do Critério de Diagnóstico para Pesquisa em DTM (RDC/TMD). Registros fotográficos para análise da postura corporal estática serão efetuados através da técnica de Fotografia, na qual demarcadores adesivos serão colocados sobre pontos anatômicos na pele e, posteriormente, serão analisados através de um software especialmente desenvolvido para mensurações realizadas em fotografias (ALCimagem, versão 2.1). Os resultados dos grupos serão comparados e correlacionados considerando-se p£0.05. Espera-se com este trabalho fornecer subsídios para maior efetividade dos programas de avaliação e tratamento fisioterapêuticos destinados a pacientes com migranea, com e sem DTM, uma vez que com a sobreposição das condições clínicas, espera-se o aparecimento de um maior número de alterações posturais e dessa forma, um maior comprometimento da qualidade de vida.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, MARIANA C.; BEVILAQUA-GROSSI, DEBORA; DACH, FABIOLA E.; SPECIALI, JOSE G.; GONCALVES, MARIA C.; CHAVES, THAIS C. Body posture changes in women with migraine with or without temporomandibular disorders. BRAZILIAN JOURNAL OF PHYSICAL THERAPY, v. 18, n. 1, p. 19-29, JAN-FEB 2014. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.