Busca avançada
Ano de início
Entree

Crescimento de diamante dopado sobre titânio com variação controlada de boro e de carbono com hibridização sp2 e sp3 como eletrodos de alto desempenho aplicados em tratamento de águas

Processo: 10/18462-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Neidenêi Gomes Ferreira
Beneficiário:Fernanda Lanzoni Migliorini
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/00013-4 - Novos materiais, estudos e aplicações inovadoras em diamante-CVD, diamond-like-carbon (DLC) e carbono nanoestruturado obtidos por deposição química a partir da fase vapor, AP.TEM
Assunto(s):Diamante dopado com boro   Eletrodos   Titânio

Resumo

Os avanços nos processos de tratamentos de águas em efluentes industriais têm levado aodesenvolvimento de métodos chamados de Processos Oxidativos Avançados (POA) que podem serdefinidos como um método de oxidação da fase aquosa baseado em espécies intermediárias oualtamente reativas como o radical hidroxila levando a destruição do poluente. Paralelamente, oavanço na ciência dos materiais tem levado a um grande espectro de materiais para aplicação emPOA, onde a mineralização eletroquímica de poluentes orgânicos é uma tecnologia relativamentenova para tratamento de efluentes com a vantagem de não utilizar agentes químicos. De fato,somente a energia elétrica é consumida para a mineralização de poluentes orgânicos em anodos comalto poder oxidativo. Neste sentido, o diamante tem se mostrado como um anodo eficaz paraaplicação em POA. Este trabalho apresenta como proposta o crescimento e a caracterização defilmes de diamante com diferentes níveis de dopagem e razão sp2/sp3, crescidos sobre substrato detitânio, pela técnica da deposição química na fase gasosa ("Chemical Vapor Deposition"- CVD)utilizando um reator de filamento quente. A caracterização da morfologia, qualidade e estruturadesses materiais será realizada utilizando a técnica de Microscopia Eletrônica de Varredura,Espectroscopia de Espalhamento Raman e Difração de raios-X. Estes eletrodos serão aplicados nadegradação do corante reativo alaranjado 16, que é muito utilizado na indústria têxtil e os produtosintermediários desta degradação serão avaliados por técnicas de Cromatografia de Íons,Cromatografia Líquida de Alta Eficiência, Cromatografia Gasosa com Detector de Massas e medida de Carbono Orgânico Total.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDA LANZONI MIGLIORINI; ANDREA BOLDARINI COUTO; SUELLEN APARECIDA ALVES; MARCOS ROBERTO DE VASCONCELOS LANZA; NEIDENÊI GOMES FERREIRA. Influence of Supporting Electrolytes on RO 16 Dye Electrochemical Oxidation Using Boron Doped Diamond Electrodes. MATERIALS RESEARCH-IBERO-AMERICAN JOURNAL OF MATERIALS, v. 20, n. 3, p. 584-591, Jun. 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.