Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação entre métodos utilizados para determinar o volume interno de conchas de gastrópodes ocupadas por ermitões

Processo: 10/20550-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Alexander Turra
Beneficiário:Marilia Nagata Ragagnin
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Os ermitões apresentam abdome vulnerável à predação e dessecação e dependem de conchas de gastrópodes adequadas para sua proteção. São muitos os fatores que levam um ermitão a selecionar e utilizar uma concha como espécie, peso, tamanho e volume interno da concha. Até hoje todos os trabalhos que avaliaram o volume interno das conchas utilizadas por ermitões, buscando respostas ecológicas entre a relação ermitão/concha, utilizaram dois métodos que consistem no preenchimento da cavidade interna da concha por água ou areia. Entretanto, uma avaliação sobre quão precisos e exatos estes métodos são nunca foi realizada por falta de alternativas tecnológicas que permitissem aferir de forma não destrutiva o volume real das conchas. Buscando uma resposta para essa questão o presente estudo tem como objetivo testar a eficiência dos métodos da areia e da água para obtenção do volume utilizando a técnica de tomografia computadorizada, um método extremamente detalhado e preciso, como referência. Esta abordagem será feita para se testar a hipótese nula de que eventuais variações nestes métodos não dependem do tipo de concha comparando a relação dos três métodos entre conchas com diferentes arquiteturas (Stramonita haemastoma, Chicoreus senegalensis, Cymatium partenopeum, Cerithium atratum e Tegula viridula). A hipótese nula de que eventuais variações nestes métodos não são afetadas pelo tamanho nem tipo das conchas será testada considerando indivíduos de tamanhos diferentes e 3 tipos de concha com diferentes arquiteturas (Cerithium atratum e Tegula viridula). Com os resultados pretende-se discutir implicações de eventuais erros associados a estes métodos tradicionalmente utilizados no estudo da ecologia de ermitões.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAGAGNIN, MARILIA NAGATA; GORMAN, DANIEL; MCCARTHY, IAN DONALD; SANT'ANNA, BRUNO SAMPAIO; DE CASTRO, CLAUDIO CAMPI; TURRA, ALEXANDER. Gastropod shell size and architecture influence the applicability of methods used to estimate internal volume. SCIENTIFIC REPORTS, v. 8, JAN 11 2018. Citações Web of Science: 0.
RAGAGNIN, MARILIA NAGATA; SANT'ANNA, BRUNO SAMPAIO; GORMAN, DANIEL; DE CASTRO, CLAUDIO CAMPI; TSCHIPTSCHIN, ANDRE PAULO; TURRA, ALEXANDER. What makes a good home for hermits? Assessing gastropod shell density and relative strength. MARINE BIOLOGY RESEARCH, v. 12, n. 4, p. 379-388, 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.