Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da proteção renal com o propofol durante a isquemia e reperfusão e hiperglicemia transitória*

Processo: 11/00952-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Pedro Thadeu Galvao Vianna
Beneficiário:Theresse Veddenne Lugo Candia
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/54801-9 - Estudo da protecao renal com o propofol durante a isquemia e reperfusao e hiperglicemia transitoria., AP.R
Assunto(s):Sevoflurano   Isquemia   Anestesiologia   Propofol   Ratos

Resumo

O pré-condicionamento isquêmico (PCI), mecanismo endógeno protetor contra lesão tecidual , está presente em todas as espécies animais. Diversos fármacos ftêm sido estudados com a finalidade de se identificar aquele que possuem está característica. dentre eles os anestésicos. anestésicos voláteis, mostraram possuir efeitos de PCI sobre o miocárddio assim como os opióides e o propofol, este último atuando como anti-oxidante de ação direta e varredor de radicais livres, proporcionando diminuição do tamanho do infarto e da degeneração celular.Foi observado que após a isquemia do miocárdio , o efeito protetor do propofol foi maior e o fármaco fosse administrado na fase isquemia-reperfusão. estudo recente mostra que a hiperglicemia transitória que ocorre antes da isquemia-reperfusão aumenta alesão renal. O objetivo do estudo será pesquisar os efeitos protetores do propofol, durante a hiperglicemia transitória, em modelo experimental de isquemia-reperfusão renal Serão estudados 36 ratos Wistar machos divididos em 6 grupos , : GI Isolurano (ISO) na indução (i) + propofol (PROP) na manutenção (M) + nefrecomia a direita (n/d); GII ISO (i) +ISO (m) + n/d.: GIII ISO (i), + PROP (m) + gicose intraperitonial (IP)+ n/d + isquemia no rim esquerdo (I/R); GIV ISO (i) + ISO (m) + glicose IP + n/d + I/R; GV ISO (i) + (m) +solução salina IP + n/d +I/R,; GIV ISO (i) + ISO (m) + solução salina IP + n/d + I/R.Serão estudados os atributos: temperatura retal (TR), pressão arteria média ( PAM), creatinina plasmática, glicemia, histologia do rim. Após a nestesia com isoflurano, intubação traqueal, colocação de manta aquecidas dissecção e cateterismo de veias e artérias será realizada nd e após 30 min, injeção IP de glicose (GIII e GIV) e solução salina ( GV e GVI)A PAM e a TR serã estudados a partir de M1 (momento inicial - cateterizaçãp da artéria carótida direita) e em intervalos de 15 minutos durante o experimento. a creatinina plasmática e a glicemia em M1( momento inicial), em M2 (após a reperfusão) e imediatamente antes do sacrifício (M3). Será realizado estudo da viabilidade celular (apoptose) pelo método de citometria de fluxo. Pra análise estatística será por meio de análise de perfil e para apoptose o teste de Wilcoxon para amostras pareadas e de Mann-Whitney ( independentes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)