Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão do fator inibitório da migração de macrófagos (mif) como marcador prognóstico em pacientes com carcinoma epidermóide da cavidade bucal

Processo: 11/12844-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Marcos Brasilino de Carvalho
Beneficiário:Natalia Magalhães Pita
Instituição-sede: Hospital Heliópolis. Unidade de Gestão Assistencial I. Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/20765-3 - Avaliação da expressão do fator inibitório da migração de macrófagos (MIF) como marcador prognóstico em pacientes com carcinoma epidermóide da cavidade bucal, AP.R
Assunto(s):Oncologia   Prognóstico

Resumo

A proteína MIF (Fator Inibitório da Migração de Macrófagos) é frequentemente encontrada com expressão elevada em tecidos neoplásicos quando comparados aos tecidos equivalentes normais e tem sido relacionada entre os fatores prognósticos de diversas neoplasias malignas, incluindo carcinomas hepatocelular, de ovário, de esôfago e também de cabeça e pescoço. Adicionalmente, alguns de seus mecanismos de ação já demonstrados, como a indução da angiogênese e da proliferação celular, permitem implicar essa expressão diferencial na progressão tumoral e, consequentemente, no prognóstico das neoplasias malignas. Esse estudo objetiva avaliar a expressão da proteína MIF como marcador prognóstico em carcinoma epidermóide da cavidade bucal, verificando sua expressão diferencial em tecido tumoral e margens, soro e saliva de pacientes com essa neoplasia, antes e depois do tratamento, e correlacionando aos achados clínicos, histopatológicos e com a sobrevida.O estudo será composto por 100 pacientes com carcinoma epidermóide da cavidade bucal admitidos nos Serviços de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital Heliópolis e da Faculdade de Medicina da Fundação ABC. As análises serão feitas por meio de imunohistoquímica dos tecidos tumorais e margens e de ELISA das amostras de soro e saliva dos pacientes participantes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)