Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da rede e do apoio social de cuidadores de pacientes dependentes

Processo: 11/04244-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Maria Amélia de Campos Oliveira
Beneficiário:Cintia Hitomi Yamashita
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Enfermagem em saúde pública   Saúde da família   Apoio social   Cuidadores

Resumo

O aumento de pessoas com dependência, em decorrência do envelhecimento populacional e do aumento de doenças crônicas, trouxe a necessidade de pessoas que pudessem auxiliar no cuidado desses indivíduos. Realizar o cuidado de uma pessoa com dependência no domicílio acarreta mudanças na rotina familiar, e também nos aspectos físicos, psicológicos, sociais e econômicos da família. Muitas vezes o cuidador necessita realizar o cuidado em tempo integral e não pode contar com o auxílio de outras pessoas, impossibilitando-o de realizar trabalho extradomiciliar e levando ao afastamento de relacionamentos afetivos e profissionais, causando isolamento social, sobrecarga, alteração na qualidade de vida e problemas de saúde decorrentes do cuidado. A rede e o apoio social são importantes pois contribuem para melhorar a qualidade de vida dos cuidadores, reduzindo o impacto negativo que a doença do familiar exerce sobre toda a família. Avaliar a rede e o apoio social de cuidadores de pacientes dependentes atendidos por um Serviço de Assistência Domiciliar (AD) do município de São Paulo. Descrever as características sociodemográficas, de sobrecarga percebida e de saúde dos cuidadores familiares; identificar, através do genograma, a estrutura, a dinâmica familiar, e a rede e o apoio social do cuidador; investigar a associação entre os escores das dimensões de apoio social e as condições de saúde, sobrecarga percebida e variáveis sóciodemográficas e identificar o nível de dependência, idade, sexo e morbidade das pessoas objeto do cuidado. Trata-se de um estudo exploratório, observacional, transversal, de abordagem quantitativa. Será realizada em um Serviço de Assistência Domiciliar localizada na zona sul da capital paulista, na subprefeitura de Cidade Ademar. A amostra será composta por cuidadores de pacientes com algum grau de dependência atendidos pelo AD. Serão incluídas as pessoas que são cuidadoras há mais de três meses e que não recebem remuneração em decorrência do cuidado prestado. As famílias em que não for possível identificar o cuidador principal serão excluídas. As entrevistas serão realizadas na residência dos cuidadores, após contato prévio para agendamento e apresentação da pesquisa. Antes das entrevistas, os cuidadores deverão assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, sendo informados sobre a confidencialidade e a possibilidade de se recusarem a participar da pesquisa, de acordo com a Resolução 196/96. Para a coleta de dados, serão utilizados os seguintes instrumentos: formulário de caracterização sociodemográfica, para descrição sobre as condições de saúde do cuidador e do paciente; o Medical Outcomes Study (MOS), traduzido e validado por Griep et al em 2005, e utilizado para identificação do apoio social do cuidador; o Social Network Index, validado por Griep et al em 2003, para verificar a origem dos contatos sociais do cuidador, e o Genograma, para verificar a estrutura familiar do cuidador. Será utilizado também o Índice de Barthel, para verificar o grau de dependência do paciente. Os dados serão analisados através do pacote estatístico SPSS 13.0, e o nível de significância adotado será de 5%. As variáveis quantitativas serão analisadas descritivamente após o cálculo dos valores mínimo e máximos, médias, desvios padrão e medianas. As variáveis qualitativas serão analisadas através de freqüências absolutas e relativas. Será utilizado o alfa de Cronbach para analisar a consistência interna dos questionários. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
YAMASHITA, Cintia Hitomi. Avaliação da rede e do apoio social de cuidadores familiares de pacientes dependentes. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Enfermagem São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.